terça-feira, agosto 16, 2005

A Postura

Autarca de Coimbra contra fusão do CEFA e do INA

O Governo pensa em fundir o INA e o CEFA num só instituto, tendo enviado a proposta para apreciação da Associação Nacional de Municípios Portugueses. O documento é levado hoje à reunião do executivo por Carlos Encarnação. O autarca já garantiu que «Coimbra não vai patrocinar esta ideia absurda» e, mesmo sem querer fazer alarmismos, adverte que a fusão poderá implicar a saída do CEFA de Coimbra.-Diario de Coimbra.


Independentemente das razões que levam o Governo a ponderar esta possibilidade só tenho pena que o Dr. Carlos Encarnação não tenha tido a mesma postura quando o Governo PSD/PP resolveu, em Outubro de 2002, extinguir o ICERR- Instituto de Conservação e Exploração da Rede Rodoviária com sede em Coimbra e que tinha a seu cargo a conservação da rede rodoviária Nacional. Face ao actual empenhamento uma dúvida persiste- Será que a sua postura teria sido a diferente caso o governo fosse PS? Nessa altura o Dr. Carlos Encarnação não se preocupou com a transferência para Lisboa das competências acometidas ao ICERR, foi pena pois talvez o desfecho fosse diferente.

Nuno Moita da Costa

9 Comments:

At terça ago 16, 03:35:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Caro Nuno Moita:
Vamos ao que interessa. Concordas ou não com a fusão do INA com o CEFA, com a eventual transferência das competências deste último para uma entidade com sede em Lisboa?
Um abraço,
PA

 
At terça ago 16, 03:54:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Vá, responde lá.
E deixa-te de tretas, o ICERR foi coisa que nunca existiu...

 
At terça ago 16, 04:04:00 da tarde, Blogger Nuno Moita said...

Quanto à transferência para Lisboa do CEFA não estou de acordo, quanto à junção com o INA não tenho dados concretos e não conheço a proposta do Governo e nem sei se preconiza uma alteração da sede , embora á partida me pareça que possa haver pontos em comum entre as duas instituições e sinergias que podem ser exploradas.

 
At terça ago 16, 04:06:00 da tarde, Blogger Nuno Moita said...

Quanto ao ICERR existiu particularmente para quem lá trabalhou e teve que alterar toda a sua vida com a extinção...

 
At terça ago 16, 04:19:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

Bem observado, Nuno.

Mas que esperar do autarca que fazia depender a recandidatura do Metro de Coimbra e facilmente esqueceu a promessa?

No entanto temos que bater-nos pela manutenção do CEFA em Coimbra.

Só uma fundamentação irrepreensível me faria mudar de opinião.

 
At terça ago 16, 04:43:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Não seria uma boa ideia a fusão do INA com o CEFA, passando a existir uma única instituição com sede em Coimbra?
O governo socialista bem pode dar, de forma inequívoca, o exemplo de que não é centralista.
Nem será precisa uma "fundamentação irrepreensível". Já se o governo deslocalizar o CEFA para Lisboa é porque é, seguramente, incompetente, pelas razões que o Nuno já enunciou. Não acham?

 
At terça ago 16, 05:22:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Quem põe são as galinhas, as patas, as andorinhas... Não é coisa de estar ou andar muito ou pouco direito.

 
At terça ago 16, 09:50:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

dasse oh nuno, fazes copy paste e não ispilicas --- quem é a cefa e a ina?
comem-se'

 
At terça ago 16, 10:34:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

Ao anónimo das 9:50 PM:

CEFA = Centro de Estudos e Formação Autárquica

INA = Instituto Nacional de Administração

 

Enviar um comentário

<< Home