segunda-feira, janeiro 16, 2006

Profundo

Para maiores de 12 anos e até 21 de Janeiro está em cena um extraordinário texto de José Ignacio Cabrujas que retrata a miséria de uma favela venezuelana e as ilusões da crendice do catolicismo mais atrasado.
Para passar um bom serão e repensar tantas e tantas procissões...

Mais informações:

http://www.aescoladanoite.pt/paginas/010-EMCARTAZ.html

16 Comments:

At segunda jan 16, 10:34:00 da manhã, Blogger André Pereira said...

E parabéns aos actores e à encenadora! São espectaculares! Merecem bem os subsídios que a CMC lhes dá!

 
At segunda jan 16, 10:40:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Este deita os foguetes e vai atrás das canas.

 
At segunda jan 16, 11:21:00 da manhã, Anonymous Cónego D. Frederico said...

Caro André Pereira,
Li, no sítio que recomenda, os comentários críticos.
Ontem, subi o Bom Jesus do Monte, em Braga. Reparei numa família que, de terço na mão, todos eles, cumpriam a ascese do escadório. Respeito a sua fé, a união cúmplice daquela família que cava fundo na demanda da quimera. Respeito isso, as pessoas têm direito a acreditar no que querem, desde que sem proselitismos contaminantes. É um princípio de Liberdade.
Mas, tendo olhado várias vezes para as suas caras pressenti que a sua vida era em vão. Sofredores até à morte... e, pior, sem o saberem!
Continuei a subir e a descer, em treino físico, o Bom Jesus, coisa que dezenas e dezenas de pessoas fazem desde antes do rair do Sol até este se pôr. Essa ascese parece-me muito mais salutar!

 
At segunda jan 16, 12:26:00 da tarde, Blogger Mano 69 said...

Outros fazem procissões politicas...

 
At segunda jan 16, 01:11:00 da tarde, Anonymous vitorramalho said...

Já passei várias vezes pelo seu blogue e fico pasmado com a facilidade com que ofende as pessoas.
Você é pequenino è mesmo uma formiga minúscula, a tentar sabujar-se com vista a lugarzito.
Tenha vergonha na cara e respeite as pessoas, e aquilo em que acreditam.

 
At segunda jan 16, 01:59:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Vitorramalho:

este não é o esperança... este ainda consegue ser mais triste do que o outro.. este é um senhor chamado André Pereira que tem negócios muito esquesitos com a Maçonaria...

 
At segunda jan 16, 02:19:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Quando toca a "malhar" na Igreja até aqui se anunciam peças de Tatro! Caramba, que embirrice!! Cheira a fundamentalismo ateu!! Haja respeito!!

 
At segunda jan 16, 02:49:00 da tarde, Blogger cãorafeiro said...

na igreja católica sempre existiram vozes contra a opressão, contra o totalitarismo, pela liberdade, no respeito pelo verdadeiro espírito da mansagem de cristo. o problema que é que tradicionalmente acabam mal.

historicamente, posso citar FREI BARTOLOMEU DE LAS CASAS, a primeira pessoa a defender a causa dos indígenas da América contra o colonialismo. a sua obra teve grande repercussão na obra, mas este frei bartolomeu de las casas morreu com um enorme peso na consciência, pois a sua defesa dos índios foi usurpada para legitimar a 'importação' de escravos de África para a América.

nos nosso tempo, e sempre na América Latina, temos o exemplo do arcebispo OSCAR ROMERO,que lutou, contra a vontade da própria igreja, pela paz e pela defesa dos pobres do seu país. foi assassinado, e prontamente substituido por um homem da opus dei.

http://salt.claretianpubs.org/romero/romero.html

ou seja, também na igreja ha dissidentes, mas esses não chegam a santos.

 
At segunda jan 16, 03:05:00 da tarde, Anonymous Cónego D. Frederico... said...

Cãorafeiro
Se todos fossem como Las Casas o mundo era santo, mas não é! Vá o caro amigo cãorafeiro a Salamanca e veja lá a obra dos jesuítas... o seu legado.
Em Portugal eles andam por aí... e desconfio que, também, neste sítio!

 
At segunda jan 16, 03:06:00 da tarde, Anonymous Cónego D. Frederico... said...

"Anônimo disse...
Vitorramalho:

este não é o esperança..."
Esquisito; é assim que se escreve!
E o Sr. peretence à Opus Day ou à Opus Gay, com tanta sensibilidade?
Ah, ah, ah!iol

 
At segunda jan 16, 05:10:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

xÔ PADRE FREDERICO...

CASOTA,,, XÔ

 
At segunda jan 16, 05:30:00 da tarde, Blogger André Pereira said...

Aos comentadores crentes,
Deve har um equívoco!
Eu distingo a crença, nomeadamente na fé e nos dogmas da Igreja Católica que é absolutamente respeitável e com uma relevante acção social da ignorância e da crendice que muitas vezes, nos países mais pobres, se associa à religião (seja ela qual for).
Limitei-me a recomendar uma peça de teatro e a revelar qual o seu tema central!
Não pretendi de modo nenhum insultar quem acredita na transcendência!

 
At segunda jan 16, 07:50:00 da tarde, Anonymous Cónego D. Frederico said...

andré pereira
Já viu que quem se sente insultado por um artigo que publicita uma peça de teatro mostra todo o seu fundamentalismo crente? Se lhes dessem uma corda... o que fariam...

 
At segunda jan 16, 08:01:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

cãorafeiro:

Obrigado por lembrares D. Oscar Romero, assassinado em plena missa, e rapidamente substituído por um elemento do Opus Dei.

A grandeza moral do arcebispo assassinado e o seu compromisso com os pobres deu uma vaga a um elemento de uma seita obscura e pouco recomendável.

 
At segunda jan 16, 10:30:00 da tarde, Blogger Mano 69 said...

«Não pretendi de modo nenhum insultar quem acredita na transcendência!»

Claro que não denota-se aliás um conhecimento do termo transcendente em sentido filosófico - o ser cuja existência não é demonstrada pela experiência porque a ultrapassa, mas que é necessário para compreender a nossa experiência; Deus. (in http://www.priberam.pt/dlpo/definir_resultados.aspx) – vindo de quem vem é para desconfiar a solicitude da contra posta…

 
At terça fev 20, 11:18:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

That's a great story. Waiting for more. » » »

 

Enviar um comentário

<< Home