sexta-feira, março 24, 2006

Sim, Senhor Ministro

Freitas do Amaral dá um bom exemplo:

1 - doravante só se entra na Função Pública (ao menos no MNE) por concurso público e

(2) dispensam-se os "contratados" (bem pagos...) dispensáveis, porque o país não é rico e porque não se sujeitaram a concurso.

O Ponte Europa criticou o caso da Maria.

O Ponte Europa congratula-se com estas medidas.

Esperamos que vão até ao fim e até às últimas consequências, independentemente da filiação partidária e da origem social dos visados.

3 Comments:

At sábado mar 25, 11:17:00 da manhã, Blogger sabine said...

Axho bem! Se não...

 
At quinta fev 22, 08:01:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! Outerspace projector Police officer business cards

 
At sexta mar 16, 08:40:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info film editing schools

 

Enviar um comentário

<< Home