domingo, outubro 29, 2006

Arte e paciência... colorida

Desenho feito por budistas (pedrinhas na areia)

5 Comments:

At domingo out 29, 06:00:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mas de cariz religioso, por forma a abstrair a mente e chegar ao verdadeiro eu e colocarmo-nos mais próximo do transcendente.

el s

 
At domingo out 29, 06:37:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

El_S:

Eu admiro a paciência e a arte, mas sou indiferente à fé, como bem sabe.

 
At domingo out 29, 11:35:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

The Sand Mandala (tib: kilkhor) is a Tibetan Buddhist tradition which symbolises the transitory nature of things. As part of Buddhist canon, all things material are seen as transitory. A sand mandala is an example of this, being that once it has been built and its accompanying ceremonies and viewing are finished, it is systematically destroyed.

...

Sand mandalas traditionally take several weeks to build, due to the large amount of work involved in laying down the sand in such intricate detail. It is common that a team of monks will work together on the project, creating one section of the diagram at a time, usually working from the center outwards.

...

The destruction of a sand mandala is also highly ceremonial. Even the deity syllables are removed in a specific order, along with the rest of the geometry until at last the mandala has been dismantled. The sand is collected in a jar which is then wrapped in silk and transported to a river (or any place with moving water), where it is released back into nature. For this reason, the materials in a sand mandala are always biodegradable and in keeping with the symbolism, are never used twice.

Wikipedia

Ou seja, as Mandala não são bem arte no sentido de representação intemporal, únicas e para a posteridade, tal como a capela sistina.
Fazem de facto parte de rituais e cerimoniais religiosos sendo que a sua criação e destruição são um cerimonial carregado de simbologia, sendo que para as mesmas ocasiões desenham-se a mesma Mandala.
Sendo assim as Mandala são um aspecto cerimonial, tal como é uma missa, e contudo aos olhos dos Ocidentais tal não é percebido uma vez q para este as cerimónias têm que conter uma mensagem auditiva ou teatral, não compreendem que a mensagem seja o silêncio e o resultado deste.

Neste caso admira de facto uma cerimónia religiosa, porque é a paciência, a calma, o silêncio a paz o que admira, mas isso é amensagem religiosa da Mandala.


el s.

 
At segunda out 30, 05:15:00 da tarde, Blogger Mano 69 said...

A fé não é só religiosa como comprova a fé de Carlos Esperança em ser ateu.

 
At segunda out 30, 07:44:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

Mnno 69:

Tenho uma fé inabalável em muitas outras coisas. Sou um homem de convicções.

Mas defendo e exijo com convicção o direito à prática religiosa.

E, no entanto, não acredito no Paraíso.

 

Enviar um comentário

<< Home