segunda-feira, outubro 09, 2006

Caso "ENVELOPE 9"

Será difícil averiguar quem foi o agente do MP que ordenou escutas ao Presidente da República e qual foi o juiz que as autorizou e com que justificação?

Quando a magistratura não assume a responsabilidade pelos seus actos e prefere acusar os mensageiros – jornalistas –, a democracia corre riscos.

Quem tramou Ferro Rodrigues?

Apostila – É com grande esperança que aguardo o desempenho do novo PGR.

8 Comments:

At segunda out 09, 06:18:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Lá volta CE ao caso das escutas ao PR!!! Mas que escutas? Pode elucidar-me? Mas assim como eu seja muito burro...

A sua incessante e repetitiva cruzada já parece pedido expresso de Ferro Rodrigues. Deixe-o em paz na Unesco!!!

 
At segunda out 09, 06:23:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

Não conheço pessoalmente Ferro Rodrigues. Conheço a canalhice de que foi vítima.

Regularmente pedirei a punição dos crápulas que impediram que fosse primeiro-ministro.

E não me escondo no anonimato para denunciar a conversa do Dr. Adelino Salvado com o jornalista do 24 Horas.

 
At segunda out 09, 06:42:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Lá volta CE ao caso das escutas ao PR!!! Mas que escutas? Pode elucidar-me? Mas assim como eu seja muito burro...

 
At segunda out 09, 07:28:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

Caro anónimo:

As escutas que se encontram no envelope 9 têm sido referidas na comunicação social.

Não tenho outras informações. Sei que alguém as mandou fazer e alguém as autorizou.

Os PR, este, o anterior e o próximo, merecem-me respeito.

Quem não compreneder a gravidade das escutas ao PR, PM e P. da AR, não compreende os fundamentos do regime democrático.

 
At segunda out 09, 08:48:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ferro Rodrigues com o tacho na UNESCO, está muito bem na vida.

Ele, até dizia saber tudo sobre pedofília... foi para longe,porquê?

Decerto, o tacho mais bem pago dos políticos foi para o calar.

 
At segunda out 09, 10:20:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

Ao Anónimo Seg Out 09, 08:48:43 PM

Caro anónimo:

Já é a segunda vez que repete no «Ponte Europa» o mesmo comentário quanto às funções que actualmente exerce Ferro Rodrigues.

Já pensou como reagiria, não tendo certamente a mesma estatura moral, intelectual e cívica de FR, se fosse vítima de uma cabala como a que destruiu a carreira política do antigo secretário-geral do PS?

Acha que deve atacar a vítima e absolver os pulhas que o destruíram? Em que escola de civismo ou princípios de cidadania foi beber o seu comportamento?

É o anonimato que lhe dá essa coragem onde falta grandeza moral e dignidade cívica?

A democracia não pode estar à mercê da baixeza moral e da intriga dos que tramaram Ferro Rodrigues.

Hei-de voltar a este assunto até que sejam revelados os criminosos.

 
At segunda out 09, 11:18:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É o que pensava. Ao que sei no Envelope 9 apenas se encontra a facturação detalhada (milhares largos de chamadas) de altas figuras do Estado.
Mas não se trata - segundo sei, mas posso estar enganado - de escutas, apenas detalhe de facturação.

 
At terça out 10, 09:48:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Caro Carlos Esperança

Quem tramou FR, foi ele próprio, ao afirmar saber tudo sobre a pedofilia. Sabia tudo e não disse nada, lamentável.

Porque razão Jorge Sampaio não confiou nele, decerto por ele saber de mais...

A posição dalguns dirigentes socialistas, face aos implicados no processo Casa Pia, foi triste, a solidariedade entre camaradas foi longe demais, não lhe parece?

 

Enviar um comentário

<< Home