quarta-feira, janeiro 24, 2007

Al-Qaeda ridiculariza Bush


Número dois da organização terrorista emite vídeo usando tom irónico

Foi divulgado esta madrugada um vídeo em que o número dois da Al-Qaeda, Al-Zawahiri, ridiculariza os planos de George Bush para o Iraque.
Esqueçamos George W. Bush e o grupo de irresponsáveis e aventureiros que fizeram ou fazem parte desta detestável administração republicana.

Está em causa uma das mais poderosas e violentas organizações terroristas mundiais, um bando de fanáticos que quer submeter o mundo ao Islão, uma multidão de facínoras que esperam conquistar o direito a setenta virgens e a rios de mel através do crime e do martírio.

Os países civilizados não podem consentir uma doutrina, uma religião ou um programa que ponha em causa a Declaração Universal dos Direitos do Homem, que faça tábua rasa dos avanços civilizacionais que o iluminismo trouxe e do novo paradigma que a Revolução Francesa criou.

Não é Bush que está em causa, é a cultura, a civilização, a liberdade e a democracia.

Contra os facínoras que estão na foto, e contra os seus sequazes, não pode haver tibieza, não pode haver rendição. Ainda que Bush tenha feito sempre o pior, da pior maneira.

5 Comments:

At quarta jan 24, 11:16:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

sim, sim, isso tudo está bem! mas na prática o que é que propões, ó troglodita da teorização?

 
At quarta jan 24, 11:54:00 da manhã, Anonymous Carlos Esperança said...

Estimado e finíssimo leitor anónimo de Qua Jan 24, 11:16:06 AM:

Fico a aguardar a sua delicada sugestão para enriquecimento de outros leitores e de mim próprio.

 
At quarta jan 24, 04:35:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

«Fico a aguardar a sua .... sugestão para enriquecimento ... de mim próprio»

Tu "enriqueces-te" da tua própria sabedoria, ó piçadasno dos moralistas! Tu já sabes tudo, ó beijacu do politicamente correcto.
Nada te pode informar mais, ò colhãobarino dos bloggers.

 
At quarta jan 24, 04:50:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

Anónimo Qua Jan 24, 04:35:19 PM:

Perante a criativa e erudita linguagem de quem leu Gil Vicente, fora do contexto, informo-o de que os seus futuros comentários serão apagados, para evitar que outros leitores se apropriem de tão escorreita linguagem

 
At quarta jan 24, 07:12:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O video onde Al-Zawahiri se exibiu em tom provocatório e jocoso, só é possível, só tem relevo mediático, devido perigosa fragilidade de Bush. Os seus níveis de popularidade nos EUA estão, neste momento, abaixo dos de Nixon quando do "impeachment".
Não é possível esconder isto. Como não é possível gizar uma estratégia de luta contra o terrorismo global sem uma liderança forte, credível e baseada em princípios democráticos (o grande contra-ponto do terrorismo).
GW Bush não disfruta destas condições. Aliás, em minha opinião nunca disfrutou. Não pode queixar dos "outros". Ninguém o traíu. Partiu para uma aventura só (co- adjuvado por Blair), contra as regras internacionais e com as reticências ou a franca oposição do Mundo. Partiu nestas condições e não sabe como sair. Vai precisar da ajuda do Mundo, nomeadamente, dos países do Médio Oriente. Entretanto, como Bush continua a hesitar e está sob o "fogo" de um Congresso maioritáriamente democrático (outra fragilidade), este tipo de vídeos "made in Al-Qaeda", vão continuar a fustigar-nos... embora não tenham, na prática, peso político. São meras provas de sobrevivência. Mas isso já nós sabemos.

 

Enviar um comentário

<< Home