sexta-feira, junho 22, 2007

CML - António Costa à beira da maioria absoluta

Se em 15 de Julho se verificassem as intenções de voto da sondagem CM/Aximage, realizada entre 18 e 20 de Junho, 36,2 por cento dos cidadãos lisboetas atribuiriam o seu voto ao ex-ministro da Administração Interna e número dois do Governo de José Sócrates.

INTENÇÃO DE VOTO PARA A CM DE LISBOA
António Costa: 36,2%
Carmona Rodrigues: 13,6%
Fernando Negrão: 12,8%
Helena Roseta: 10%
Ruben de Carvalho: 9,3%
José Sá Fernandes: 4,4%
Telmo Correia: 1,6%
Indecisos: 9,1%
OBN: 3%

DISTRIBUIÇÃO DOS VEREADORES (Com distribuição de indecisos)
António Costa: 8
Carmona Rodrigues: 2
Fernando Negrão: 2
Helena Roseta: 2
Ruben de Carvalho: 2
José Sá Fernandes: 1

7 Comments:

At sexta jun 22, 10:22:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Parabéns Esperança... essa merda é importante para coimbra para ca...

 
At sexta jun 22, 10:28:00 da tarde, Anonymous Carlos esperança said...

Caro anónimo:

o Ponte Europa tem mais visitas do estrangeiro do que de Coimbra.

Não é um blogue paroquial, como aliás se vê por comentários mais delicados.

 
At sexta jun 22, 11:37:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

pois pois... "foi na loja do mestre andré..."

Eu sei que não tens cabecinha para perceber esta!!!!

 
At sábado jun 23, 02:25:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

segundo carlos esperança será esta também uma vitória tangencial.

Aulas de geometria para o CE, Já!

 
At sábado jun 23, 06:18:00 da tarde, Anonymous Last Call to London said...

As sondagens valem o que valem. Não acredito em nada disso.

 
At sábado jun 23, 11:15:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Estes socialistas são uns convencidos...as sondagens, valem o que valem, é preciso é influenciar o eleitorado.

No dia das eleições ver-se-à.

 
At segunda jun 25, 03:31:00 da manhã, Anonymous point of view said...

Uma coisa é certa. Poucas são as sondagens que dão maioria absoluta ao PS. A ser assim já não será mau. Contudo, o "Zé faz falta" (slogan de campanha do BE), lá terá que se transformar no limiano lisboeta e fazer o jeito ao PS. Nada que seja estranho. Se bem se lembram um dos grandes objectivos do BE nas últimas legislativas era que o PS não tivesse maioria absoluta e para viabilizar as suas propostas tivesse que contar com os votos da bancada do BE. Está à vista uma famosa coligação pós-eleitoral em Lisboa. quem vos avisa vosso amigo é. Depois dir-me-ão qualquer coisa.

 

Enviar um comentário

<< Home