sexta-feira, novembro 14, 2008

Coerência eclesiástica

Um padre católico disse aos seus paroquianos que se devem abster da comunhão caso tenham votado Barack Obama, uma vez que o Presidente eleito dos Estados Unidos defende o aborto.

Numa carta distribuída aos paroquianos da igreja de Maria, em Greenville, Carolina do Sul, o padre Jay Scorr Newman diz que estão a "pôr as suas almas em risco", se comungarem antes de fazerem penitência pelo seu voto.

2 Comments:

At sábado nov 15, 08:22:00 da manhã, Blogger Graza said...

E andam eles em guerra noutro continente por causa do fundamentalismo religioso!

 
At sábado nov 15, 05:56:00 da tarde, Blogger André Pereira said...

Jesus do céu!

 

Enviar um comentário

<< Home