quinta-feira, dezembro 31, 2009

A afirmação de Coimbra na política nacional

Não gosto de ser muito duro para a minha querida cidade. Mas mesmo para um bonacheirão e apaixonado por Coimbra, um relance minimamente objectivo sobre a contribuição da "lusa-Atenas" para a política nacional, nos últimos quinze anos, reduzem-se se a um punhado de lembranças como:
- ter como cabeça-de-lista Senhoras como Zita Seabra e a viúva do Prof. Sousa Franco;
- ter um candidato a Secretário-geral do PS com um resultado muito baixo;
- uma luta sem tréguas e sem pudor à co-incineração, porque sim;
- uma candidatura, agora em segunda (ou terceira?) tentativa, à Presidência do PSD.
Curiosamente algumas destas desventuras têm protagonistas comuns.
Com efeito, o candidato a Presidente do PSD julga ser concebível "a construção de túneis para ligar a ilha do Pico ao Faial e a S. Jorge."

Que 2010 abra novos horizontes a esta cidade que já deu ao país pessoas como António José de Almeida, Francisco Salgado Zenha ou Carlos Alberto da Mota Pinto.