sexta-feira, dezembro 25, 2009

Não às ditaduras

China condena dissidente Liu Xiaobo a 11 anos de prisão

PEQUIM (Reuters) - O mais proeminente dissidente chinês, Liu Xiaobo, foi condenado a 11 anos de prisão nesta sexta-feira por pedir liberdades políticas.

Ele recebeu a pena por conta de uma acusação de subversão criticada por grupos de direitos humanos e por Washington. Liu, que completa 54 anos de idade na segunda-feira, ajudou a organizar uma petição que solicita amplas reformas políticas.

Comentário: Não há interesses que justifiquem o silêncio perante este atentado à liberdade.