sábado, julho 31, 2010

A repressão sexual no Islão

Hamas proíbe peças íntimas em montras de lojas de lingerie

Embora continuem a negar a intenção de impor a lei islâmica (sharia) em Gaza, os líderes do Hamas proibiram esta semana a exibição de roupa íntima “provocante” nas vitrinas das lojas de lingerie.

1 Comments:

At domingo ago 01, 10:44:00 da manhã, Blogger e-pá! said...

Na verdade, para a cultura árabe, indissociável da génese do islamismo, os haréns eram muito mais recatados...e muito menos expostos!

 

Enviar um comentário

<< Home