Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2009

Notas Soltas - Setembro/2009

A Conversa em Família do PR em 29-09-09

Imagem
Ontem assisti à mais deprimente manifestação de ódio e ressentimento do Chefe de Estado. É, aliás, difícil ver na comunicação ao País mais do que um fanático partidário desorientado com os resultados eleitorais do seu partido e da líder sua amiga.

A gravidade da tentativa de conspiração contra o PS, organizada entre o seu principal assessor, Fernando Lima, e o director do Público, não lhe mereceu o mínimo interesse e, com o seu silêncio, deixou, durante demasiado tempo, que a opinião pública suspeitasse de escutas do Governo ao Presidente da República, infâmia e crime que não se toleraria ao primeiro.

Não se percebe que o chefe de Estado, com suspeitas de ser escutado, não tenha usado todos os meios ao seu alcance para esclarecer as dúvidas e só tenha mandado proceder a averiguações no exacto dia em que se dirigiu ao país numa comunicação medíocre na forma e parca de explicações no conteúdo. Para o PR as relações conspiratórias entre o seu assessor e o coveiro de um jornal de referência…

Medidas fracturantes

Um dos desafios do futuro Governo será a adopção das chamadas "medidas fracturantes". O eleitorado de esquerda, desde o BE, passando pela CDU e parte significativa do PS, propõe determinadas medidas ditas "fracturantes", talvez melhor qualificadas como medidas libertárias, que visam romper com uma concepção conservadora e moralista da sociedade. Foi o caso da IVG, que retirou Portugal da lista dos países retrógrados que ainda puniam as mulheres que realizavam uma IVG a pedido. Na agenda estão várias medidas como o casamento de homossexuais, a adopção por parte de casais homossexuais, o acesso de casais homossexuais à medicina reprodutiva, a eutanásia e a liberalização do consumo de drogas leves.

O PS terá que tomar uma posição muito clara relativamente a estas matérias. Deveria talvez tê-lo feito na anterior legislatura, e não o fazendo agora, poderá deixar escapar uma janela de oportunidade que uma eventual mudança de ciclo poderá obnubilar durante bastante tempo.…

Choro pelo meu País...

Imagem

HOMENAGEM CÍVICA AO MOVIMENTO SINDICAL E OPERÁRIO

39º Aniversário da CGTP-IN – 1970 / 2009

01 de Outubro – Quinta - feira – 18H45 – Monumento ao 25 de Abril - Coimbra

Cidadãs / Cidadãos

No dia 1 de Outubro de 1970, os sindicatos dos Caixeiros, dos Lanifícios, dos Metalúrgicos e dos Bancários de Lisboa, em que os trabalhadores elegeram direcções de sua confiança, convidaram um grupo de outras direcções, também da confiança dos trabalhadores, para uma “sessão de trabalho e estudo de alguns aspectos da vida sindical cuja discussão lhes parece da maior oportunidade”.

Esta data marca o nascimento da CGTP-IN e no dia 11 de Outubro seguinte, 13 direcções sindicais, reuniram na sede dos Bancários para debater matérias que ainda hoje são objecto de discussão em qualquer reunião sindical: contratação colectiva, horário de trabalho, censura, liberdade de reunião.

A CGTP-IN foi muito importante na luta contra a ditadura e pela democracia, tornando-se a maior e mais prestigiada organização sindical nacional.

Em 27 e 28 de Outubro de 1978, em Lisboa, …

Discurso do PR. Fernando Lima nunca existiu

Imagem
O ressentimento de quem não esclareceu o essencial, atirou pedras e fugiu, e tornou a cooperação institucional impossível.

Falhou no tempo, na forma e na substância.

É a vida...

Imagem

Comunicação tardia ao País às 20H00

Imagem
Renúncia? Depois das autárquicas?

Sistema Nacional de Saúde

Bem, depois de ler hoje este relatório sobre qualidade dos sistemas de saúde na Europa, começo a reavaliar alguns dos comentários que fiz no meu post anterior (propostas para uma nova política de esquerda em Portugal) sobre a evolução da qualidade do SNS português. Está-se sempre a aprender...

Propostas para uma nova política de esquerda

O eleitorado deixou claro o seu posicionamento nas eleições. Neste momento, o PS tem 97 deputados, os partidos à sua esquerda 31, e à sua direita 102 (faço a distribuição dos mandatos dos círculos da diáspora, segundo o resultado mais provável, 1 PS/1 PSD no círculo da Europa e 2 PSD no círculo fora da Europa). Anteriormente o PS tinha 121 mandatos, os partidos à sua esquerda 22 e os partidos à sua direita 87. Globalmente, a esquerda, ainda que continue a dominar o hemiciclo, perdeu 10 mandatos.

O próximo governo PS não terá a vida fácil. Ainda que possa negociar algumas medidas à esquerda e outras à direita, sendo improvável uma coligação negativa em que os outros partidos pudessem fazer cair o governo, seria desejável que o PS clarificasse a sua orientação e procurasse um acordo-quadro de legislatura ou com os partidos à sua esquerda, ou com um dos partidos da direita. Aqui deixo algumas propostas para uma nova política de esquerda para Portugal.

Antes de mais, é necessário reflectir …

Momento de poesia

Imagem
Dissertação sobre uma história de amor…


Foi no dia em que queimaste as bonecas

que me cruzei contigo

na rua onde então vivias

guardei o teu olhar no bolso do casaco

e comecei a comer ameixas

para não me esquecer dos teus lábios

da cor do carmim

mais tarde, encontrei o teu nome

num anúncio de um jornal

pedias a devolução do olhar

a quem o tivesse encontrado

levei também uma taça de ameixas

para tu provares.

Alexandre de Castro

O Velho e o Novo ...

Imagem
A Luta do Antigo e do Novo

É sempre igual a luta do que é antigo, do que já existe e procura subsistir, contra o desenvolvimento, a formação e a transformação.
Toda a ordem acaba por dar origem à pedanteria e para nos libertarmos dela destrói-se a ordem.
Depois, demora sempre algum tempo até que se ganhe consciência de que é preciso voltar a estabelecer uma ordem. O clássico face ao romântico, a obrigação corporativa face à liberdade profissional, o latifúndio face à pulverização da propriedade fundiária: o conflito é sempre o mesmo e há-de sempre dar origem a um novo conflito.
Deste modo, a maior prova de entendimento por parte do governante seria regular essa luta de tal maneira que, sem prejuízo de cada uma das partes, conseguisse manter-se equidistante.
É, no entanto, uma possibilidade que não foi dada aos homens, e Deus não parecer querer que assim aconteça.


Johann von Goethe, in 'Máximas e Reflexões'

Afinal, vai falar...

Imagem
Presidente da República faz declaração à comunicação social

O Presidente da República fará amanhã, dia 29 de Setembro, às 20:00 horas, uma declaração à comunicação social.
28.09.2009
(site oficial da Presidência da República)
link

Praxes: Até que enfim...

Ministro avisa reitores para não pactuarem com práticas "fascistas e boçais"

O ministro da Ciência e Ensino Superior avisou hoje que não vai tolerar abusos nas praxes académicas, denunciando-os ao Ministério Público para responsabilizar quer os seus autores quer as direcções de instituições que permitam que aconteçam.

AAP na comunicação social

Chegou a hora de pôr as coisas em pratos limpos...

Imagem

Associação Ateísta Portuguesa

Imagem
COMUNICADO SOBRE A VINDA DO PAPA A FÁTIMA

A Associação Ateísta Portuguesa (AAP) respeita, e defende, a liberdade de crença de todos os religiosos, não se opondo à visita de qualquer líder religioso enquanto tal. Mas é preocupante que a visita de Bento XVI a Fátima, em Maio de 2010, seja palco de manobras políticas, com a cumplicidade do Estado, violando a laicidade a que este é obrigado e desrespeitando crentes e não crentes.

A visita de um papa católico é assunto da Igreja católica e não matéria do Estado português. Num Estado laico o Papa é apenas um líder religioso. Que o cidadão Cavaco Silva se regozije é um direito; que o chefe de Estado de um País laico exulte com a visita do seu líder espiritual é uma interferência nefasta da política na religião, e vice-versa; e que essa visita tenha sido anunciada fora de tempo, contra a vontade da própria Conferência Episcopal, é uma politização inadmissível daquilo que é apenas matéria de crença pessoal.

Fátima é um dos santuários mais importa…

LEGISLATIVAS 2009

Imagem
El País link

….La cohabitación de dos políticos de signo político distinto y talante opuesto como Cavaco (conservador) y Sócrates (socialista), no ha sido un camino de rosas. El caso del supuesto espionaje del jefe del Estado por parte de funcionarios del primer ministro, que luego resultó ser un montaje del entorno presidencial, no sólo embarró la campaña sino que comprometió la figura de la institución más respetada. Cavaco se negó a hablar para no interferir en la campaña, pero su silenció aumentó las sospechas. A partir de hoy, con el escrutinio realizado, el presidente puede hablar en cualquier momento y abrir de nuevo la Caja de Pandora….


Le Mondelink

…DETTE, CHÔMAGE ET GRANDS PROJETS
Après les élections de 2005, le parti de José Socrates avait eu les mains libres pour assainir les finances publiques et réformer le régime des retraites du secteur public. Mais cela lui a coûté le soutien du Bloc de gauche, partenaire naturel du PS sur les questions sociales, mais opposé à une politiq…

Reflexões sobre os resultados eleitorais

Conhecidos que são os resultados provisórios das eleições legislativas, deixo algumas reflexões.

Os vencedores da noite são o CDS e o BE. O CDS conseguiu canibalizar o PSD, aproveitando o descontentamento do eleitorado da direita com o PSD e a campanha sem brilho protagonizada por Manuela Ferreira Leite. Por outro lado, o BE conseguiu absorver parte do eleitorado do PS, duplicando a sua representação parlamentar, e conseguindo não só estabilizar os mandatos que já tinha conquistado nos grandes círculos eleitorais (Lisboa, Porto, Setúbal), mas conseguindo alargar a sua base geográfica a círculos menores, como Coimbra, Braga, Leiria, Aveiro e Faro. Apesar da vitória significativa, esta terá com toda a certeza sido agridoce, não tendo ultrapassado a barreira simbólica dos 10%, não se ter conseguido sagrar como a terceira força política mais votada, e finalmente de não ter conseguido o número de mandatos necessário para poder ser o único interlocutor do PS à esquerda.

O PCP sobe ligeirament…

Legislativas 2009: primeiras impressões...

Imagem
As eleições legislativas de 2009 trouxeram, ao contrário do que era suposto, uma maior clarificação política ao País.

A vitória do PS confere-lhe legitimidade para governar o País neste momento de crise e dificuldades.

O somatório individual das opções que emanaram da expressão do corpo eleitoral permite um sem número de acertos, acordos e até coligações pós-eleitorais.
Mas o fundamental, é como afirmou, José Sócrates, o partido tem de continuar a promover a abertura política que, segundo as suas palavras, “veio para ficar”.

Estas eleições ao retirarem a maioria absoluta ao Partido do Governo e o eleitorado ao proceder a uma “nova” redistribuição de votos, deu um sinal importante: o princípio do fim da “bipolarização”.
De futuro, para Governar será necessário negociar, dialogar, “parlamentar”...
E a orientação dos acordos que vierem a concretizar-se, neste momento, permitem a qualquer português conhecer a direcção e o sentido da governação. A Direita não faz favores. O CDS não é uma muleta…

Só a esquerda democrática transforma o país!

Depois de tanta conversa, tanto cantar vitória das forças revolucionárias "travestidas" de democratas, o povo português afirmou que só na esquerda democrática está o caminho.
O PS não se pode aliar nem ao BE nem ao PCP. Nem isso respeitaria a vontade dos eleitores, nem isso garantiria apoio parlamentar suficiente.

A diminuição da força do PS não reverteu em favor da esquerda no seu todo, mas no emergir do CDS como um pivot decisivo no futuro Parlamento.

Esta noite é de grande festa para os socialistas, que contra tantas dificuldades - a crise internacional e a campanha negra contra o seu Secretário-geral - ganharam as eleições.

A extrema-esquerda agora terá que assumir as suas responsabilidades. Será interessante analisar o despique pela negativa entre o BE e o PCP.

A Derrota da Campanha Rasca

Imagem

Legislativas 2009. Parabéns Sócrates

Imagem
O grande derrotado desta noite é Cavaco Silva. A interferência no processo eleitoral que agora terminou, de forma desafortunada ou deliberadamente, foi conduzido por si e pelo seu assessor Fernando Lima, mas a maior vítima é Portugal que perdeu a confiança em quem devia ser o referencial de estabilidade e árbitro credível nos tempos difíceis que se avizinham.

A derrocada eleitoral do PSD é obra de Cavaco e da líder do PSD. Das explicações que os portugueses exigem ao PR ver-se-á se tem condições para terminar o mandato ou se deve, por respeito ao cargo, renunciar já.

M. Ferreira Leite pode queixar-se de que lhe estragaram o guião da asfixia democrática com o desmascaramento da intriga das escutas, apesar da desgraça de ter proposto como modelo democrático a Madeira, e de ter fugido à explicação de como pode um assessor do PR entregar a um jornal um dossier sobre um adjunto do primeiro-ministro, sem que o país saiba se foi caso inédito ou uma infâmia repetida.

Para já, ganhou Paulo Porta…

Alemanha vira à direita

A esta hora, tudo indica que a coligação preto/ amarelo, isto é, CDU (União democrata-cristã)/ FDP (Partido Liberal ou Partido da Liberdade) poderá formar Governo no maior país da União Europeia.

Perante uma grave crise do capitalismo e do projecto neo-liberal, os eleitores alemães refugiam-se nas ideias conservadoras dos cristãos-democratas e na visão liberal e de reforma do modelo social apresentado pelo Partido Liberal, o que parece um paradoxo.

Os social-democratas/ socialistas partem com uma pesada derrota para a oposição, depois de 10 anos no Governo: os primeiros 6 anos com os Verdes, os últimos 4 em aliança com os Conservadores.
Talvez seja a melhor cura para o enorme desgaste que foram sofrendo à sua esquerda, perdendo mais de 20% para a extrema-esquerda e para os ecologistas.

É um sinal, mais um, da crise do socialismo europeu. Depois de um domínio da vida política europeia nos anos 90, com a vaga da terceira via, regressa à sua posição de "chalenger" dos poderosos par…

Jornal da TVI Memória

Para recordar numa tarde tranquila!

A fé e o direito ao sossego

Carmelitas recebem milagres da Ir. Lúcia

Para ajudar a Igreja Católica na santificação da vidente de Fátima, as irmãs do Carmelo de Coimbra lançaram um'e-mail', onde chegam de vários países relatos de graças da religiosa.

Comentário - Os melhores milagres arriscam-se a não ser conhecidos porque os miraculados raramente usam a Internet.

Dito com ar sério...

“Mantive a minha total isenção”

(...) "Mantive escrupulosamente e com o maior rigor o compromisso de total isenção e imparcialidade em face dos diversos partidos. Ao Presidente da República não compete interferir na vida político--partidária ou condicionar a livre escolha dos eleitores", sublinhou o Chefe de Estado, justificando o seu silêncio na campanha eleitoral.

Da mensagem do PR

A experiência é a "madre de todas as cousas"

Papa chama a atenção para as fragilidades da famíliaA Igreja não pode ficar indiferente perante a banalização do divórcio. O alerta foi lançado hoje pelo Papa no Vaticano na audiência que concedeu a um grupo de bispos brasileiros em visita “Ad Limina”.No encontro, Bento XVI apontou as consequências de uma mentalidade individualista que é contra a família.

O que Cavaco fazia em 1990. Há 19 anos...

Imagem
O texto acima reproduz a página 180 do livro de José António Saraiva, ao tempo Director do EXPRESSO. (Clique na imagem para ampliar).
“Confissões de um director de jornal”, Dom Quixote, Lisboa, 2003 (ISBN 972-20-2533-3).“Portanto, não me pergunte nada”…(recebido por e-mail)

PR desmente os bispos portugueses

O site oficial da presidência da República Portuguesa emitiu na tarde desta Quinta-feira um comunicado, esclarecendo que “conteúdo e o momento” do anúncio da visita de Bento XVI a Portugal, no próximo ano, “foram acordados entre a Presidência da República e o Vaticano, através da Embaixada de Portugal junto da Santa Sé”.

Esconjurando a padeira de Aljubarrota...

Imagem
Luís Filipe Menezes num artigo de opinião publicado hoje no “El País” aborda um dos cavalos de batalha de Manuela Ferreira Leite, nestas eleições Legislativas: o TGV!
link

Nesse artigo conclui: “La alta velocidad no es más que un detalle de una visión de fondo global y coherente. Un detalle que puede y que debe ser corregido. Con todo, el PSD es lo suficientemente abierto y democrático para que muchos que piensan igual que yo puedan defender y llevar al triunfo esa visión nuestra del interés nacional.”

Para conferir domingo à noite

Imagem

Para quando a “asfixia da boçalidade” ?

Imagem
Alberto João Jardim líder do PSD/M e cabeça-de-lista regional às eleições legislativas nacionais do próximo domingo ao discusar, ontem, no comício da campanha, em frente à Sé do Funchal, instou o Presidente da República a "definir-se" sobre a possibilidade dos comunistas poderem participar na governação do país...

Afinal, quando em Junho propôs um texto de revisão constitucional onde expressava: “Os sociais-democratas madeirenses pretendem que haja um esclarecimento de que, em matéria de regimes políticos, a democracia não deve tolerar comportamentos e ideologias autoritárias e totalitárias, não apenas de direita, caso do fascismo, esta expressamente prevista no texto constitucional em vigor, como igualmente de esquerda, caso do comunismo"….
Na altura, Manuela Ferreira Leite remeteu-se ao mais ruidoso silêncio, e o vice-presidente social-democrata Aguiar-Branco várias vezes interrogado sobre o assunto, deu sempre a mesma resposta: “a seu tempo, o PSD terá uma posição sobr…

Na mouche!

Imagem
Às vezes até parece que as pessoas se esquecem de que o Bloco de Esquerda é um partido político. Ora, a filiação ou um simples voto em qualquer partido político representa uma identificação mínima com o seu programa, com a sua ideologia e com uma determinada filosofia política.
E é aqui que o Bloco de Esquerda é um partido absolutamente tenebroso: No seu programa partidário o Bloco de Esquerda preconiza a nacionalização dos sectores produtivos e de várias empresas de referência, como a Galp ou a PT, sem explicar como consegue os recursos para pagar os 70 ou 80 mil milhões de euros que essas nacionalizações custariam a Portugal. E isso não é honesto.
Talvez seja por isso que o Bloco de Esquerda lhes chama «reversão» e me deixa agoniado com a memória dos velhos tempos do «Verão Quente», do «Camarada Vasco» e da «Muralha de Aço», tempos que eu não quero que o meu país volte a viver.
Nunca mais!
A par disso, e à melhor maneira estalinista o Bloco de Esquerda levou toda esta campanha eleitoral a …

Só correu mal uma tarefa

Imagem

O Decálogo das Eleições Legislativas de 2009

Imagem
A campanha para as Legislativas estava, à partida, condicionada por diversos factores.
É difícil sintetizar as imensas variáveis em jogo, mas vale a pena tentar.

Assim, as eleições Legislativas de 2009, podem condensar-se num códice de eventos que achei por bem dar-lhe a fórmula de decálogo (sem que algum item seja um mandamento...).

1. A crise económico-financeira mundial lançou o País numa intensa “crispação social” e destruiu, num ápice, o controlo orçamental – jóia da coroa do Governo - conseguido à custa de sacrifícios e perda regalias sociais e, na prática, arredou o PS de um sonho longamente acalentado: maioria absoluta.
2. A crise, ao contrário do que MFL tem afirmado na campanha, favoreceu o PSD que a facturou nos “custos da governação”.
3. A “usura do poder”, para além de beneficiar todos os partidos, tem custos diferentes.
4. As forças à Esquerda do PS tinham em perspectiva uma oportunidade soberana de capitalizar grande parte do descontentamento larvar que se verifica na socieda…

CAVACO CONVIDA O PAPA

O convite de Cavaco a Bento XVI para vir a Portugal em 2010 conspurcar com a sua untuosa presença o ano comemorativo do Centenário da República - da qual a ICAR era arqui-inimiga - é uma autêntica provocação a todos os republicanos, democratas e laicos que com a República instaurada em 1910 se identificam.

Fernandes começa a tirar a máscara

José Manuel Fernandes ter-se-á sentido "entre os seus" num jantar comício da coligação de direita que vem retirando o Porto do mapa.

Depois de ficar claro que ele usou o seu estatuto no "Público" para orquestrar uma "agenda política oculta", este ex-maoísta junta-se ao seu antigo camarada Pacheco Pereira e toma o seu lugar de honra numa acção de campanha do PPD/PSD/CDS/PP...

Fernandes revela, finalmente, a sua face.

A visita do Papa a Fátima em 2010

Imagem