Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2010

Notas soltas: Março/2010

Chile – Fevereiro terminou com uma catástrofe que se repetiu e prolongou por Março, tragédia cuja dimensão excedeu todos os registos históricos e fez regredir o país que tanto avançara na economia, justiça social e respeito pelos direitos dos cidadãos.

Direitos da mulher – As mulheres só tiveram direito a voto, pela primeira vez no mundo, na década de 20 do século passado. Neste progresso sentimos quanto sofreram as mulheres ao longo da história, vítimas de crenças e preconceitos.

Eleições presidenciais – Cavaco começou a campanha com a entrevista de Maria Cavaco Silva à revista do Expresso, de que foi capa e uma entrevista à SIC onde só não explicou o caso das escutas de Belém, a nódoa do mandato. Boa campanha de marketing com o falso tabu habitual.

Baltazar Garzón – O mais corajoso juiz espanhol tem excitado o ódio dos juízes conservadores. A sindicância aos crimes franquistas, centenas de milhares de assassínios, arruinou-lhe a carreira, depois da ousada luta contra o terrorismo.
Irla…

Higienista de Berlusconi eleita pela Lombardia

Imagem
Nicole Minetti, que tratou os dentes do primeiro-ministro, foi eleita para o conselho regional no escrutínio de 28 e 29.

Factos & feitos, submersíveis…

Imagem
Um dos cônsules honorários de Portugal na Alemanha (cuja identidade permanece no anonimato) terá recebido um suborno de 1,6 milhões de euros da Man Ferrostaal (que integra a German Submarine Consortium) para ajudar a concretizar a compra de dois submarinospelo Estado português em 2004, segundo noticia a edição online da revista Der Spiegel.

Klaus Lesker, administrador da empresa alemã Man Ferrostaal - que esteve, no mês passado, em Portugal, a renegociar com o Governo português o contrato das contrapartidas pela aquisição dos submarinos - foi detido, na semana passada, pelas autoridades germânicas, que investigam alegações de que a empresapagou milhões em subornos para obter grandes contratos internacionais, revelou a mesma revista.

A compra dos dois submarinos foi contratualizada[*]em 2004 entre Portugal e o agrupamento alemão - German Submarine Consortium.
Durão Barroso, actual Presidente da Comissão Europeia, era na altura primeiro-ministro português e Paulo Portas, actual líder do C…

Fatos & factos

A tragédia da Igreja católica reside nas sotainas. Têm a braguilha enorme, de cima a baixo, e a fé pára a meio do caminho.

Palavra de exorcista encartado

Os ataques contra o papa Bento XVI devido ao grande números de acusações contra padres pedófilos são sugestões de Satanás, ao menos foi o que afirmou ontem o sacerdote exorcista Gabriele Amorth, de 85 anos.

ITÁLIA: o fim do “Risorgimento”?...

Imagem
As eleições regionais na Itália foram marcadas por uma elevada taxa de abstenção, decorrente da incapacidade dos partidos políticos em promoverem o debate público da crise política, económica e social que atinge o País. Uma situação que parece "corroer" a vertente polítca nos países da UE...
O Centro-Esquerda, nomeadamente o Partido Democrata, liderado por Dario Franceschini, mostrou-se incapaz de capitalizar o descontentamento popular, bem como os escândalos de corrupção que, há alguns anos, envolvem vários agrupamentos da Direita, com Berlusconi à cabeça.
Embora o Centro-Esquerda tenha vencido em 7 das 13 regiões em disputa, a realidade mostra que a coligação de Direita, no poder, conquistou 4 novas regiões, em relação às anteriores eleições regionais de 2005.
Todavia, a "resistência" da coligação de Direita, liderada por Berlusconi, ao impacto tradicionalmente negativo destas eleições intercalares, deve-se ao crescimento da influencia política (e eleitoral) da Liga…

Bento XVI e os mundanos "murmúrios"…

Imagem
Bento XVI declarou hoje, nas cerimónias do Domingo de Ramos, na Praça de São Pedro, que a fé em Deus ajuda uma pessoa a não se deixar intimidar pelos ‘murmúrios da opinião dominante’…” in Jornal Público, 28.03.2010 link

O atoleiro da pedofilia onde a ICAR está submersa, em todo o Mundo, é hoje um case study, sobre perversões de índole religiosa.

De facto, o lento mas irreversível abandono por parte dos fiéis das velhas peias tecidas ao redor de princípios de cegas submissões e, concomitantemente, o uso de uma liberdade essencial ao Homem – a liberdade de expressão – colocaram uma Igreja teocrática, fechada e anquilosada, debaixo do escrutínio da opinião pública e sob um intenso fogo mediático.
Levantam-se velhos problemas como o celibato dos clérigos católicos, as frustrações sexuais daí advindas e no fim da linha os escândalos de pedofilia. Não é linear este encadeamento, mas estranho é a pronta reafirmação das virtudes do celibato, por parte da ICAR.
Nas discussões públicas – e os escâ…

A pedofilia e a Igreja católica

Imagem
A ICAR não tem o monopólio dos crimes sexuais nem sequer está provado que o seu clero seja mais licencioso ou perverso do que o islâmico, por exemplo.

Há, no entanto, razões que não deixarão em paz as sotainas. A alegada superioridade moral da Igreja católica chega ao absurdo de impor a continuação da gravidez a uma criança violada e grávida, a uma mãe em risco de vida ou com um feto com deficiências graves, às vezes incompatíveis com a vida.

A sanha contra a homossexualidade que nos pios ensinamentos seriam, como tudo, vontade do seu omnipotente deus, torna-a vulnerável perante a opinião pública que, à medida que duvida da virtude dos padres, descrê da autoridade do seu deus.

Acresce que os padres foram quase sempre enclausurados em seminários, separados das mulheres, que os três monoteísmos depreciam, e tiveram de lidar com as hormonas na adolescência e chegaram à idade adulta sem maturidade sexual. O vulcão de lama que ora atinge a Igreja não é surpresa, é fruto da tolerância de que g…

Cavaco, Passos Coelho e o PSD

Petição contra a execução de Mohamed Valian

Mohamed Valian é estudante iraniano e está condenado à morte por «actos contra Deus». Ou seja, por ser um contestatário ao regime teocrático do clero xíita.Pode assinar aqui a petição contra a sua execução.

Assembleia Geral da Associação Ateísta Portuguesa

Imagem
Senhor Presidente da Assembleia Geral da Associação Ateísta Portuguesa, caros colegas dos corpos sociais, prezados consócios:

Ao iniciar este segundo mandato como presidente da Associação Ateísta Portuguesa (AAP) saúdo os sócios presentes, vindos de todo o país, os que não puderam vir e todos os ateus onde quer que se encontrem.

A AAP procura afirmar o ateísmo como opção filosófica de quem se responsabiliza pelos seus actos e pela sua forma de viver, de quem estima a sua vida e a dos outros, de quem recorre à razão e confia no método científico para construir modelos da vida, e de quem não remete as questões morais para seres hipotéticos, criados pelos homens, nem para a esperança de uma existência após a morte.

Neste mandato continuaremos a defender o direito de todos os homens e mulheres à sua crença, descrença ou anti-crença, exigindo ao Estado a mais absoluta neutralidade face às opções individuais, cuja afirmação lhe cabe defender, sem subserviência aos clérigos nem favores às relig…

O "ESPEVITADOR" E OS DOIS MARRETAS

Há poucos minutos, estando eu "posto em sossego" a acabar de ler o Expresso, lembrei-me de ligar a TV na SIC Notícias para ver, no jornal das 22 h., quem tinha ganho o jogo Benfica-Braga. Porém, ainda faltavam 5 minutos para as 22. Estava então a decorrer o programa "Plano Inclinado", que consistia num debate(?) entre , além de um personagem que não consegui saber quem era, os 2 Marretas Bagão Félix e Medina Carreira, moderado, ou melhor dizendo, "espevitado", pelo inefável Mário Crespo. Ainda fui a tempo de ver e ouvir, "claramente visto" e ouvido, o Marreta Félix dizer que a democracia não serve, pois os governos governam só a pensar nas eleições seguintes, não se preocupando com as gerações futuras; e o Marreta Medina a anuir, com a sua veneranda cabeça; e o inefável Crespo a babar-se de gozo com esse consenso sobre os malefícios da democracia.
Quase diria que não vale a pena gastar cera com tão ruins defuntos. Mas sempre direi: porque é q…

Pedro Passos Coelho

Imagem
O PSD cumpriu ontem mais uma etapa de um ritual – normalmente sem consequências políticas - que nos vem brindando há alguns anos.

O PSD tem um novo presidente –Pedro Passos Coelho. Resta saber se, ontem, nas eleições directas, consagrou uma liderança credível, capaz e duradoura. Uma coisa é ser eleito, outra será tornar-se num líder.

O País vive uma fase difícil e complexa da sua história contemporânea.
O País espera e necessita de uma Oposição lúcida, realista e idónea, que contribua para uma mais eficiente governação.
O País está cansado de “jogos de poder”.
O País precisa de condições políticas internas para desenvolver-se e vencer uma profunda crise financeira, económica e social.
O País anseia por viver em segurança e com estabilidade.

Estes são alguns dos reptos que Pedro Passos Coelho tem pela frente. Ontem, submeteu-se ao escrutínio partidário. No futuro, terá de submeter-se ao escrutínio das portuguesas e dos portugueses.

De resto, o novo dirigente do PSD, não vai auferir de qualquer…

Espanha - O fascismo está vivo

Julgar o juiz Garzon por investigar os crimes de Franco não é apenas uma aberração, é um crime contra a democracia.

Vale a pena ler El País.

A Governação Económica da Zona Euro: uma nova incógnita…

Imagem
O Conselho Europeu assistiu, na reunião de 25. Março. 2010, a um esgrimir (poderiamos usar o termo degladiar...) de posições franco-germânicas, protagonizado por Angela Merckel e Nicholas Sarkosy.

Esta cimeira de líderes da UE incidia essencialmente sobre a situação orçamental e financeira dos 16 Países da “Zona Euro”, embora a “ajuda à Grécia” fosse o pretexto imediato.

Todavia, como era de esperar, as definições saídas deste Conselho Europeu não se confinam à Grécia. Dizem respeito a um vasto plano de ajuda aos Estados da Zona Euro com dificuldades orçamentais o que é uma resolução muito abrangente. Assim, os portugueses, entre outros Estados, para além da Grécia, não deverão ignorar as novas regras acordadas em Bruxelas…
Nenhum calendário foi definido, nem foi quantificado o “volume” dessa ajuda europeia. Todavia, há um facto que é conhecido. Não obtiveram vencimento as teses francesas sobre a “não-intervenção” do FMI na Zona Euro. A porta foi aberta ao FMI para intervir na crise do …

Dois pesos e duas medidas

Imagem
Carl Sagan, no seu livro «Um mundo infestado de demónios», lembra-nos que o abade Richalmus escreveu um tratado sobre os demónios, por volta de 1270. Os sedutores demoníacos de mulheres chamavam-se íncubos e os de homens, súcubos. Santo Agostinho acreditava que as bruxas eram o produto dessas uniões proibidas tal como a maioria das pessoas da antiguidade clássica ou da Idade Média.

Compreendem-se hoje as freiras que, num estado de confusão, viam semelhanças entre o íncubo e o padre confessor ou o bispo e que ao acordarem se sentissem conspurcadas como se se tivessem misturado com um homem, como escreveu um cronista do século XV (pág.126, ob. citada).

A fé e a superstição confundem-se. Ainda hoje vemos crentes que rumam a Fátima e à santa da Ladeira e quem promete a bilha de azeite ao santo e não dispensa conselhos da bruxa quando a adversidade lhes bate à porta.

Esta é a parte inofensiva da fé, pelo menos para os não crentes. Os únicos prejudicados são os crédulos que esportulam o óbolo …

A resolução parlamentar sobre o PEC: uma vitória de Pirro?…

Imagem
O projecto de resolução sobre o PEC passou hoje no Parlamento. As circunstâncias que rodearam este, aparentemente, bom resultado, não podem deixar de preocupar os portugueses e as portuguesas.
Por diversas razões. Mergulhados numa profunda crise económica e social, os cidadãos não vislumbram qualquer plano/programa de recuperação que seja consensual, ou que congregue uma sólida maioria de vontades.
A resolução hoje aprovada não suscita qualquer entusiasmo, não infunde confiança, não mobiliza vontades, mais parecendo uma vitória pírrica. O PEC tornou-se, para os portugueses, num infindável suplício de Tântalo.

O PSD ao abster-se evitou um irreparável “chumbo” do Programa. Todavia, a interrogação que paira no ar é se evitou ou, somente, adiou.
Tão cedo quando disponibilizou para fazer o “frete” de abster-se, o PSD apressou-se a salvaguardar que não assumia as “medidas” aí plasmadas.

E, mais uma vez, os portugueses ficam a enxugar gelo. A votação parlamentar de hoje mais parece um “número de…

Ratzinger encobriu pedofilia

Imagem
Padre norte-americano não foi castigado por ter abusado sexualmente de 200 menores surdos porque o Vaticano só soube do caso passados 20 anos, quando o religioso estava já muito doente.
(...)
Estas declarações de Lombardi são idênticas às que enviou previamente para o jornal norte-americano “The New York Times”, segundo o qual altas autoridades do Vaticano, incluindo na altura o futuro Papa Bento XVI, encobriram o sacerdote norte-americano num caso de pedofilia.

Jaime Gama e o secretário de Estado

Imagem
Não conheço o funcionamento dos parlamentos de outros países o que me impede de fazer comparações, mas sei da AR o suficiente para dizer que há excesso de rituais, para o meu gosto, e liturgias que podiam ser simplificadas.

Os Tribunais, Universidades e Forças Armadas usam cerimoniais e trajes inspirados na liturgia eclesiástica com que outrora infundiam respeito. Talvez se justifiquem e não sejam meros arcaísmos, como parecem. Talvez as próprias fórmulas usadas nas relações dentro destas instituições tenham razão de ser, embora se assemelhem demasiado ao catecismo que ensina a falar com deus de forma que ele entenda.

Na última sexta-feira assisti a um episódio na Assembleia da República que me deixou perplexo pelo tom e pelo modo como o presidente admoestou um secretário de Estado que dava a impressão de estar assaz nervoso para não precisar da forma como Jaime Gama reiteradamente o admoestou.

Enquanto o governante se levantava e se dirigia aos senhores deputados, advertiu-o de que te…

C O N V I T E

Imagem

O começo do fim...!

Imagem
O bispo John Magee (foto) prelado da diocese de County Cork que, no passado, foi secretário privado de João Paulo II, renunciou ao cargo, por cumplicidade nos encobrimentos dos casos de pedofilia ocorridos no seio da igreja católica irlandesa.
Não foi o primeiro, nem deverá ser o último. Em Dezembro, o bispo de Limerick – Brendan Murray – já tinha resignado sobre a pressão dos mesmos escândalos.
Todavia vai ser difícil à ICAR contornar a exigência dos “violentados” e das associações defensoras das vítimas de abusos sexuais, relativamente ao primaz da Irlanda – cardeal Sean Brady – um “príncipe da Igreja” que será o segundo alto responsável pela cascata de encobrimentos registada.
O primeiro responsável é, naturalmente, Bento XVI, chefe da ICAR, cuja explícita responsabilidade não teve a coragem de assumir na tão mediatizada “carta-pastoral” aos católicos irlandeses.
Mas dificilmente a ICAR conseguirá evitar o “efeito dominó”.

O mosqueteiro e o espectro de uma nova “lei da rolha…”

Imagem
O candidato Pedro Passos Coelho parece ter ficado muito incomodado com a rábula entre Aguiar Branco e Paulo Rangel, sobre a questão do dossier das assinaturas…

Hoje, num almoço de campanha em Portalegre, revelou desejar que até ao dia das eleições acabem as acusações internas entre as diversas candidaturas às eleições directas de sexta-feira do partido. Nesse sentido “pediu o fim dos incidentes” - incluindo o que envolveu as assinaturas para as candidaturas - “porque ninguém ganha com isso e perdemos todos”…link

Belo, belíssimo! O PSD ainda não sarou o tiro no pé desferido no Congresso de Mafra que entrou para a história da "pequena política" como a “lei da rolha” e, decorridos poucos dias, um dos candidatos reincide com uma versão soft (no tempo, que não na gravidade) com uma inconcebível proposta de tréguas, ou de silêncio, 3 dias antes das eleições directas. Isto num partido que centrou a última campanha para as Legislativas na dita “asfixia democrática”…

Mas o pior é a razã…

Regresso do humor

Imagem
Vasco de Castro está de volta no novo número da revista A23

A revista A.23 é uma publicação trimestral e de âmbito nacional que surge do encontro das mais diversas entidades ligadas à cultura. Com uma tiragem de 5.000 exemplares e distribuição ao nível nacional, a A23 publica no seu número 7 um novo suplemento “O Cão”, coordenado por Vasco de Castro, Tiago Salazar e Ricardo Paulouro.

A imprensa satírica tem 150 anos em Portugal. Existiu com grande pujança, nomeadamente nos períodos mais críticos da vida nacional: fim da Monarquia, I República, PREC… como lugar de crítica dos poderes e catarse social, favorecendo a afirmação de artistas como Bordalo Pinheiro, Leal da Câmara, Stuart de Carvalhais, etc…

Estranhamente, o jornalismo satírico está ausente na actualidade da oferta de Imprensa e em tempos em que outros suportes mediáticos, como a rádio, a televisão e o palco oferecerem sistematicamente vários tipos de humor e sátira, do popular e tradicional ao sofisticado, em espectáculos que c…

Os 4 mosqueteiros...

Imagem
A crise de liderança do PSD deu azo a que o País assista, diariamente, a um digladiar de posições, que pouco (ou nada) têm a ver com as futuras linhas de orientação partidária ou ideológicas, ou com um projecto de futuro para o País mas, antes, circunscrevem-se a um repetitivo e saturante explanar de estratégias de “assalto ao poder”.

É óbvio que qualquer partido aspira a governar. Mas o trânsito entre uma postura cívica, com pedagogia política e ideologicamente fundamentada e a consequente conquista do poder, terá de ser mais límpida e mais compreensível, para afastarmos a ideia de que os partidos se preocuparem mais com a satisfação de clientelas partidárias e pouco com o interesse nacional. A corrida à liderança não se deve apoiar em situações casuísticas, pontuais, nem pode ignorar o futuro. Isto é, os candidatos devem discutir um programa de acção para o seu partido e as suas perspectivas de actuação política capazes de influenciar e/ou modificar a sociedade.

Sócrates é a sombra à …

Momento de poesia

Imagem
Adeus, meu poeta!…


Quando eu morrer

quero que me ofereças

um ramo de flores vermelhas,

tantas, quantos os poemas que te dei,

com uma dedicatória

escrita pelo teu punho.

Quero que escrevas

uma frase de despedida,

breve e modesta,

a recordar o meu ofício

de artesão da poesia

- o único tesouro que me resta.

Quero que escrevas:

Adeus, meu poeta!

Alexandre de Castro

***

Nota do autor: Com este poema, o 153º, termino a minha colaboração regular no Ponte Europa, que passará a ser esporádica, correspondendo ao amável convite do meu amigo e antigo colega Carlos Esperança, a quem quero manifestar a minha gratidão pela oportunidade concedida em poder divulgar a minha modesta poesia pelos inúmeros leitores deste blogue, leitores estes a quem envio, assim como a todos os colaborad…

Contrastes...

Imagem

Mr. Sakosy: la salade du ressemblement…

Imagem
Na 1ª. volta das eleições regionais francesas Nicholas Sarkosy afirmou, em alto e bom som, que este acto eleitoral não poderia condicionar políticas nacionais.

Assim, a par de uma evidente sensação transmitida por Mr le Président de la Republique aos franceses e às francesas, de que a sua sensibilidade política está embotada, não sendo capaz de avaliar a real dimensão e os profundos estragos políticos resultantes da hecatombe eleitoral, apressou-se a “remodelar” o governo, caindo no mais completo descrédito.

E, já hoje, remodelou o Governo, sob o signo do desnorte e do temor de poder afundar-se no esgoto da História.
Esta remodelação foi, em primeiro lugar, um toque a reunir (podia ser um toque a finados) para o Centro-Direita e, na sua essência, representa a perservação de linha de continuidade no caminho para o abismo.
Congregou no governo, como se estivesse a preparar uma "salade niçoise”, cheia de “crudités”, misturou: “sakosyanos”, “chiraquianos”, “villepinistas”, etc.
Meteu no m…

Yes We Can ! E. U. A. - França

Imagem
Hoje é um dia em que regressa a esperança, a vitória dos sonhos da igualdade possível e da solidariedade indispensável.

A defesa de um sistema de saúde universal, foi a promessa que Obama se empenhou em cumprir. Perdeu popularidade na sua defesa e ganhou adversários de peso, mas mostrou a sua melhor faceta, a do homem coerente e solidário, sensível aos milhões de pobres que o grande país não consegue ou não quer evitar.

Esta é a maior reforma social desde a criação da Segurança Social (1935) e do Medicare (1965). O Congresso, dividido, acabou por votar a lei que favorece milhões de pobres. A decisão, lúcida e solidária, deve-se à coragem com que o presidente enfrentou os interesses das companhias de seguros e a raiva dos Republicanos.

Os defensores da situação que agora se altera nunca conseguiram explicar a razão de um sistema de saúde tão caro e ineficaz. Os economistas ultraliberais ficavam mudos com a interpelação a que eram sujeitos enquanto as companhias de seguros tudo faziam para…

Vaticano - Rebentou o esgoto

Imagem
Intolerante face aos desvios ao seu padrão moral, encobriu, até agora, abusos sexuais de padres.

Finalmente, Bento XVI falou sobre os abusos sexuais de menores cometidos por padres. Numa carta pastoral dirigida aos católicos irlandeses, expressou perdão e vergonha e prometeu uma investigação rigorosa de todos casos.
O Papa dirigiu-se à Irlanda, mas ignorou os milhares de queixas idênticas na Áustria, Holanda, Suíça, Espanha, Brasil e Alemanha, onde, só desde Janeiro, surgiram mais de 300 denúncias de abusos em escolas católicas.

DIA MUNDIAL DA POESIA

Imagem
Como uma flor vermelha

À sua passagem a noite é vermelha,
E a vida que temos parece
Exausta, inútil, alheia.

Ninguém sabe onde vai nem donde vem,
Mas o eco dos seus passos
Enche o ar de caminhos e de espaços
E acorda as ruas mortas.

Então o mistério das coisas estremece
E o desconhecido cresce
Como uma flor vermelha.

Sophia de Mello Breyner Andresen
- Obra Poética I

Papa desilude vítimas de pedofilia

Imagem

Factos & documentos

Imagem
Comentário: Herança pia, num período de crise económica e financeira.

Chegou a Primavera

Imagem
Sandro Botticelli

(Clique na imagem para ouvir Jacques Brel)

Para reforçar a equipa

Imagem

A “carta pastoral” de Bento -16 ou “aquele engano de alma ledo e cego…”

Imagem
A publicitação da “carta pastoral” de Bento 16 dirigida aos católicos irlandeses link, um extenso e repetitivo documento com 14 itens e rematado - em jeito de post-scriptum - com uma “oração especial” dedicada à Igreja irlandesa, decepcionou as vitimas de abusos sexuais (continuados) por parte de clérigos pertencente a essa mesma Igreja. link

De facto, as vítimas que, no mês passado, dirigiram uma "carta aberta ao papa" link, constatam que questões importantes ficaram sem resposta... como era de esperar.

A saber:
“Esse texto (da carta aberta), além de desculpas, pedia que o Vaticano reconhecesse sua culpa nos casos e que o papa aceitasse a renúncia de vários integrantes do alto clero irlandês, inclusive a do cardeal Brady.”
Por outro lado, consideram que, a "carta pastoral", para além de ser mais uma oportunidade perdida, é um tipo de resposta do Vaticano totalmente deslocado e inapropriado :
“Uma carta pastoral não é a maneira de dar uma resposta aos relatórios de Fer…

A ética e as filiações partidárias

Imagem
Pelos vistos a indignação de José Lello para com a devassa do seu computador por parte de repórteres fotográficos com zooms muito potentes no plenário da Assembleia da República parece dividir as noções daquilo que é ético de acordo com as simpatias partidárias.

Já nem é a resposta asinina de Jaime Gama à reclamação do deputado que está em causa.
Já nem é esta espécie de temor reverencial pela classe dos jornalistas que parece espalhar-se como uma infecção.
Já nem é alguém pensar que o direito à privacidade e à reserva da individualidade de cada um deve ceder perante a coscuvilhice jornalística.

O que é curioso é que as pessoas que hoje criticam a indignação de José Lello são precisamente aquelas que há escassos seis meses, e sob a mera hipótese de isso poder vir a atingir José Sócrates, apoiaram entusiasticamente estes desabafos tão preocupados do Presidente Cavaco Silva:

«Será possível alguém do exterior entrar no meu computador e conhecer os meus e-mails? Estará a informação confidencia…

ICAR sob fogo. Bento 16 comprometido

New York Times’ Psiquiatra de padre pedófilo afirma que alertou Igreja sobre trabalho do religioso com crianças.A arquidiocese alemã dirigida pelo então cardeal Joseph Ratzinger nos anos 1980 ignorou repetidos alertas de um psiquiatra responsável por tratar de um padre acusado de abusar sexualmente de meninos, informa reportagem desta sexta-feira do jornal “New York Times”.Segundo o doutor Werner Huth, ele avisou a Igreja que o reverendo Peter Hullermann não deveria ser mantido em trabalhos com crianças. Sob autorização do futuro Papa Bento XVI, o padre havia sido transferido para Munique para passar por tratamento psicológico.- Eu disse ‘pelo amor de Deus, ele precisa desesperadamente ser mantido longe de trabalhos com crianças’ – disse o psiquiatra ao jornal. – Eu fiquei muito triste com toda essa história.

Um relatório sobre a crise na Zona Euro...

Imagem
EUROZONE CRISIS
Sub-titulo:“beggar thyself and thy neighbour”, i.e., "o empobrecimento do vizinho…"link

Research on Money and Finance Report on the Eurozone Crisis
Segundo este trabalho de investigação existiam 3 alternativas estratégicas para os países periféricos da Zona Euro onde, como é óbvio, Portugal está integrado.

Assim:

“1. A primeira traduz-se em programas de austeridade acompanhados por acrescida liberalização da economia. Esta é a opção preferida pela zona euro e pelas elites da periferia. É igualmente a pior opção. A estabilização económica será obtida através da recessão e da imposição de elevados custos sobre os trabalhadores. Este cenário oferece perspectivas reduzidas no que toca a futuro crescimento sustentado já que se acredita em aumentos de produtividade espontâneos após as medidas de liberalização. Adicionalmente, não contempla qualquer reforma que altere a arquitectura enviesada da zona euro.

2. A segunda consiste na reforma radical da zona euro. Tal opção …

VOLTAS QUE CERTA "ESQUERDA" DÁ

Os leitores menos jovens, que ainda viveram nos tempos da ditadura salazarista, lembrar-se-ão certamente dos livros do humorista José Vilhena, em que este, a propósito dos mais variados temas, satirizava mais ou menos veladamente aquela ditadura.

Lembro-me particularmente de um, intitulado "História Universal da Pulhice Humana", em que ele ilustrava o capítulo relativo à passagem da Idade Média para a Idade Moderna com um desenho em que se via uma multidão (que tanto poderia ser do sec. XV como de sec. XX) a manifestar-se empunhando cartazes em que proclamava: "Queremos sair da Idade Média!", numa óbvia alusão ao regime medievo-salazarista.

É triste hoje, quase quarenta anos volvidos sobre a queda das últimas ditaduras europeias de extrema-direita (em Portugal, na Espanha e na Grécia) ver, sobretudo em países de religião islâmica, movimentos, populaças ignaras, governos e poderosas organizações terroristas, lutar violentamente, não só com "unhas e dentes&…

Bento – 16: pastorais ou empaleanço?…

Imagem
Hoje, ou amanhã (…os timings do Vaticano são misteriosos), Bento 16 publicitará uma mensagem dirigida aos católicos irlandeses, com a finalidade de reparar danos “irreparáveis” (passe a redundância) causados pela sucessão de vergonhosos e inadmissíveis escândalos de pedofilia que atingem - impiedosamente - a ICAR.

Não conhecemos (ainda) o teor dessa anunciada mensagem.
Todavia, sabemos que a sua premência, logo, a sua oportunidade, terá nascido na sequência de um encontro realizado, em Fevereiro último, entre o papa e os bispos irlandeses.
O confinamento desta mensagem aos fiéis irlandeses é extremamente redutor para a ICAR. A Igreja católica tem pretensões de universalidade e os escândalos de pedofilia, no seu seio, alastram por todo o Mundo como uma monstruosa mancha que, todos os dias, se expande .
O próprio Bento 16 teve consciência desse facto e na última audiência pública realizada no Vaticano, no passado dia 17 de Março, tentou emendar a mão reconhecendo que essa mensagem contempl…