Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2010

"Pirataria" no Mediterrâneo Oriental?

Imagem
navio do comboio humanitário para Gaza [foto: guardian.co.uk] video da TeleSUR: http://www.telesurtv.net/noticias/secciones/nota/player.php?ckl=72801 voz: Hisham Wannous, correspondente em Damasco [Síria] O representante da Grã-Bretanha no CS da ONU - Mark Lyall Grant - à entrada da reunião de hoje, afirmou: "Está mais claro do que nunca que as restrições israelenses ao acesso a Gaza têm de ser levantadas, tal como exige a resolução 1860 do Conselho de Segurança "... Alejandro Wolff, embaixador adjunto dos Estados Unidos - tradicional aliado de Israel - nas Nações Unidas, disse: "Vamos continuar pedindo diariamente aos israelenses que ampliem o espectro de bens e víveres autorizados a entrar em Gaza, para atender toda a gama de necessidades humanitárias da população"... Previsão: Israel deverá sair desta reunião com uma "reprimenda", nunca condenado...

Momento zen de segunda_31-05-10

Imagem
Tudo indica que João César das Neves (JCN) esteve demasiado tempo mergulhado em água benta quando lhe impuseram o baptismo e que a substância não identificada que altera a água normal passou a barreira hematoencefálica do neófito. Na homilia de hoje , em que a assinatura de Cavaco Silva surge no Diário da República a promulgar a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, atitude que só o nobilita, JCN ameaça-nos, num excesso de raiva, com o modelo chinês para substituir as democracias ocidentais. Ninguém diga ao bem-aventurado que a China foi o país que tornou o aborto obrigatório quando ele nunca se conformou que deixassem de prender as mulheres que o praticam, às vezes em circunstâncias dramáticas. Ao PR compara-o a Pilatos, à maioria da AR chama «um grupito de deputados» e à decisão que garante direitos individuais e fazia parte de compromissos eleitorais que os eleitores sufragaram, acusa-a de ter mudado a definição de casamento quando apenas int

Nova crise no Médio Oriente...

Imagem
navios da armada israelita Forças armadas israelitas atacaram - em águas internacionais como já reconheceu Netanyahu - um comboio naval humanitário que se dirigia para Gaza, integrando 750 pessoas. A violência desmesurada de mais este ataque provocou a indignação do Mundo e causou pelo menos 10 mortes e algumas dezenas de feridos. Em conferência de imprensa - realizada na sequência deste grave incidente - o governo de Telaviv reconheceu que existe um efectivo bloqueio a Gaza , justificado pela "segurança de Israel". Até quando a "segurança de Israel" servirá para justificar desproporcionadas acções belicistas das forças armadas israelitas? Hoje, para deliberar sobre este assunto reune-se, de emergência, o Conselho de Segurança da ONU . Entretanto, as autoridades israelitas, promoveram no local de acolhimento do destroçado comboio humanitário, um "black out" informativo... Pergunta: Israel está acima do Direito Internacional e fora do alcance das

COIMBRA - C O N V I T E

Imagem

Cavaco Silva deixa o nome ligado a um avanço civilizacional

Diário da República, 1.ª série — N.º 105 — 31 de Maio de 2010 1853 Lei n.º 9/2010 de 31 de Maio Permite o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Artigo 1.º Objecto A presente lei permite o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. Artigo 2.º Alterações ao regime do casamento Os artigos 1577.º, 1591.º e 1690.º do Código Civil passam a ter a seguinte redacção: «Artigo 1577.º [...] Casamento é o contrato celebrado entre duas pessoas que pretendem constituir família mediante uma plena comunhão de vida, nos termos das disposições deste Código. Artigo 1591.º […] O contrato pelo qual, a título de esponsais, desposórios ou qualquer outro, duas pessoas se comprometem a contrair matrimónio não dá direito a exigir a celebração do casamento, nem a reclamar, na falta de cumprimento, outras indemnizações que não sejam as previstas no artigo 1594.º, mesmo quando resultantes d

Celibato tridentino: companheiras de padres católicos escrevem ao papa!

Imagem
O jornal católico Il Dialogo [28.Maio.2010] publicou uma “carta aberta” subscrita por cerca de 4 dezenas de companheiras de padres católicos, dirigida a Bento XVI, questionando a cada vez mais polémica manutenção - no seio da ICAR – da regra do celibato dos eclesiásticos . link Em Março passado, o arcebispo de Viena, cardeal Schonborn, defendeu que a abolição da regra do celibato poderia limitar abusos sexuais no interior da Igreja. Contudo, Bento XVI, foi peremptório no rejeitar desta pretensão. Relembrou, na ocasião, a sua fidelidade ao "princípio sagrado do celibato"... As mulheres de actuais padres católicos resolveram – então - escrever uma carta aberta ao papa , relembrando que o chefe da Igreja pretende conferir um carácter sagrado a uma situação que, historicamente, não o é. Na verdade – como defendem as companheiras de padres - o celibato dos eclesiásticos é uma regra [não será para estas crentes um “sacramento”], elaborada por homens, mais concretamente, no

Notas soltas: Maio/2010

1.º de Maio – Tudo se conjugou para transformar a festa dos trabalhadores num pesadelo que a crise aprofundou, com desemprego, precariedade e redução dos salários reais num clima de incerteza e de medo. Força Aérea – O Plano de Defesa Aérea para a visita de Bento XVI, com uma zona de interdição para abater qualquer intruso que apareça no céu, afigura-se um excesso para quem corre mais riscos no Vaticano do que na visita a Portugal. Helmut Kohl – O velho chanceler alemão, homenageado no 80.º aniversário, foi um grande estadista do século XX e dos mais empenhados europeístas num espaço de solidariedade política, económica e social. Não esqueceu a guerra. Reino Unido – A ausência de uma maioria clara colocou o país pela primeira vez, em muitos anos, com um governo de coligação e incertezas políticas quanto ao cumprimento da legislatura. 8 de Maio – No dia em que os nazis se renderam aos exércitos aliados, e findou o mais cruel e demente plano genocida dos tempos modernos, parece

José Sócrates e Chico Buarque: alarde, vanglória ou desleixo…?

Imagem
A visita de José Sócrates a Chico Buarque , para “ conversar e tomar um cafezinho” e/ou “sacar" uns autógrafos para mostrar à família foi um passo que qualquer português – da geração do visitante – daria… Sendo Chico Buarque um dos símbolos vivos da Música Popular Brasileira (MPB) a curiosidade e o interesse do cidadão José Sócrates em conhecê-lo pessoalmente, não constitui nenhuma surpresa, nem é recriminável. Pelo contrário, será uma afirmação de valores humanos [afectivos e/ou do foro íntimo], absolutamente respeitáveis. Já o seu staff , ao inverter os rituais [comuns] que informam qualquer visita informal [não cerimoniosa, nem protocolar], mostrou estar imbuído em profundos equívocos [vícios] acerca dos processos humanos de socialização e, deste modo, transformou, um acto - fundamentalmente - afectivo [e compreensível para qualquer pessoa] num alarido mediático [o chamado sound bite ] e/ou numa fútil vanglória para o visitante. Pior, transmitiu uma imagem de desleixo [inc

PS apoia Alegre

O secretário geral do PS afirmou hoje desejar "convictamente" a vitória de Manuel Alegre nas próximas eleições presidenciais e adiantou que pessoalmente se empenhará nesse ato eleitoral. Nota: Cavaco é o melhor candidato para unir o PS e dividir o PSD. É demasiado mau.

Tragédia ecológica

BP acumula fracassos nas manobras para estancar derrame de petróleo

O PR, o casamento gay e o cardeal

Casamento gay: Cavaco recusa comentar críticas de cardeal D. José Policarpo disse que esperava que o Presidente usasse o veto com esta lei.

Um mediático entretenimento sobre as presidenciais…

Imagem
A ideia transmitida – pela generalidade imprensa neste fim-de-semana – de que a questão dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo poderá ter um papel crucial se nas próximas eleições presidenciais, não passa de um fait divers com a finalidade de agitar [animar?] o período pré-eleitoral. A “dura e inusitada” reacção do cardeal de Lisboa à promulgação da referida Lei, por Cavaco Silva, o que de real trouxe à ribalta política foi a oculta - mas persistente - concepção da ICAR sobre vivência democrática. Pelos vistos, a Igreja católica sonha, ainda, com o exercício de poderes tutelares (ocultos) sobre os órgãos de soberania e de decisão política. São séculos de uma continuada prática que – nos momentos de crise – vêm, com ligeireza e despudor, ao de cima. É - para espanto dos portugueses - o imediato aproveitamento político de uma visita dita apostólica, plena de situações de proselitismo e, para inglês ver, travestida de “visita de Estado”. O cardeal Policarpo ao ser mais severo par

Humor brasileiro

Depois de o Ministro da Saúde dizer que o sexo é o melhor remédio para a hipertensão, já há quem use o onanismo como genérico.

A reeleição de Cavaco não é uma fatalidade adquirida

Imagem

28 de Maio - Estamos na 2.ª ou na 3.ª República?

Imagem
Saber se esta é a segunda ou a terceira República é uma questão de escola em que os historiadores se dividem. Todos terão argumentos pró e contra. Acontece que durante décadas o poder foi exercido por um biltre que a polícia política, a censura e a cobardia de serventuários mantiveram pelo medo, fome e censura sobre o povo. O poder de um ditador dificilmente se pode chamar república. Poder de 1 = mono + arquia. A tragédia começou há 84 anos, no dia de hoje, e já há fascistas que contam com a amnésia colectiva. O triste autarca de Santa Comba Dão insiste num museu com o espólio do ditador. Educado na escola democrática do Vimieiro, sonha com uma estátua que perpetue em bronze a figura sinistra do conterrâneo. Não é passível de discussão a independência dos Tribunais. Na ditadura não existiam só os Plenários e os juízes Florindos onde os presos eram espancados pela PIDE à vista dos indignos magistrados. A ficha da PIDE era decisiva para a progressão na carreira e o maior dos escândalo

Um jornalismo nauseabundo

Imagem
Por Amadeu Carvalho Homem * O jornal “Sol” converteu-se definitivamente na comadre de soalheiro do jornalismo português. Ele mete o olho (não sabemos bem qual) no buraco da fechadura; ele espiolha SMSs privados com a voracidade própria dos polícias de costumes e com o puritanismo hipócrita dos “portuga” mal lavados; ele espezinha tudo o que é inerente a códigos deontológicos ou a regras básicas de jornalismo escorreito, para se preocupar só com o desforço, com a desforra odienta que quer obter sobre a figura de um Primeiro-Ministro que, não sendo grande coisa, merece ser tratado como qualquer outro concidadão. Imaginemos que um meu inimigo me quer tramar. Há processos limpos e processos sabujos para conseguir este efeito. O processo limpo é o da inquirição à minha vida pública – por isso é que ela é pública – e o ataque às insuficiências da mesma. As acusações poderiam ser desta natureza: o Professor Fulano falta às aulas e ensina mal ; o Professor Fulano recebe dinheiro para pass

A direita portuguesa e o poder

Imagem
Não percebo a superioridade moral que a direita exibe e, muito menos, a defesa que faz do mérito dos Governos que liderou e das personalidades que gerou. Quando ataca Guterres – o melhor e mais bem preparado primeiro-ministro da segunda República –, imagino que lhe faltaria coragem para atacar Sousa Franco, se ainda fosse vivo, ministro que equilibrou as contas públicas e a quem se deve a entrada de Portugal no euro. Calculo o que diria o ex-líder do PSD a quem o criticasse, ele que se distinguiu pela competência técnica, rigor, honestidade e mau feitio. A direita teve a sorte e o mérito de não ser Governo quando a maior crise mundial das nossas vidas nos atingiu em cheio. O mérito deveu-se a três anos de Barroso e Santana que continuam a ecoar como pesadelo. Foram eles que deram a maioria a Sócrates. E é a longa abstinência que alimenta a gula e a arrogância de quem não olha a meios para conquistar o poder. Não faço ataques de carácter aos traficantes de influências saídos do cavaq

COIMBRA - C O N V I T E

Imagem
João Fernandes , Director da Agência de Coimbra da Fundação Inatel convida V.EXª, ou representante, para o Dia Aberto integrado nos Actos Comemorativos do seu 75º Aniversário, a ter lugar pelas 09h30, do dia 28 de Maio, sexta-feira, nos salões da sua Sede, Rua Dr. António Granjo 6, Coimbra, junto à Estação Nova . Durante 02h00 vamos dar a conhecer os nossos programas, Turismo – Desporto – Cultura, as nossas actividades, as nossas instalações e os nossos colaboradores. Agradece confirmação para ag.coimbra@inatel.pt ou 239853380.

Momento de poesia

Imagem
Dissertação sobre a negação das desistências… Reconheço-te sempre pelos sinais que vais deixando pelo caminho, mesmo que te escondas atrás das palavras e iludas a imagem do teu rosto em todos os espelhos, os gestos ainda denunciam a tua presença e já nem preciso de chamar-te pelo nome para saber que não desertaste… Alexandre de Castro - Lisboa, Maio de 2010