Momento zen de segunda_31-05-10


Tudo indica que João César das Neves (JCN) esteve demasiado tempo mergulhado em água benta quando lhe impuseram o baptismo e que a substância não identificada que altera a água normal passou a barreira hematoencefálica do neófito.

Na homilia de hoje, em que a assinatura de Cavaco Silva surge no Diário da República a promulgar a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, atitude que só o nobilita, JCN ameaça-nos, num excesso de raiva, com o modelo chinês para substituir as democracias ocidentais. Ninguém diga ao bem-aventurado que a China foi o país que tornou o aborto obrigatório quando ele nunca se conformou que deixassem de prender as mulheres que o praticam, às vezes em circunstâncias dramáticas.

Ao PR compara-o a Pilatos, à maioria da AR chama «um grupito de deputados» e à decisão que garante direitos individuais e fazia parte de compromissos eleitorais que os eleitores sufragaram, acusa-a de ter mudado a definição de casamento quando apenas integrou os que excluía por mero preconceito beato.

JCN, que apenas considera legítimo o acto sexual para a reprodução, afirma que esta lei se insere numa «vasta campanha de promoção do erotismo, promiscuidade e depravação a que se tem assistido nos últimos anos». Não vale a pena discutir com JCN porque é uma inspiração divina igual á que o leva a acreditar que Nuno Álvares Pereira curou o olho esquerdo de D. Guilhermina de Jesus, queimado com salpicos ferventes de óleo de fritar peixe.

Anda tão desnorteado o bem-aventurado que julga haver na AR deputados capazes de «apoiar coisas abstrusas, como a proibição de touradas ou rojões, imposição da ordenação sacerdotal de mulheres ou a obrigatoriedade de purificadores atmosféricos».

Dentro do espírito marialva de JCN, a defesa das touradas tem a mesma legitimidade dos rojões».

Enfim, a água benta deu-lhe cabo dos neurónios e eu, que não a distingo da outra, não posso provar os malefícios que um sinal cabalístico faz à água normal.

Amem.

Comentários

ahp disse…
Parece que a direita ultra-conservadora anda à procura de um candidato próprio para as eleições presidenciais. Pois tem-no aqui à mão:o César das Neves!Ninguém melhor que ele representa as posições dessa direita. Então porque não o propõem? A razão é simples: é que ele parece exactamente o que é, e assim não conseguiriam enganar o eleitorado; não chegariam ao 1%.
Mas eu gostava de ver!
jrd disse…
Sequelas da onfalite crónica de que sofre por não lhe terem cortado o cordão.
André Pereira disse…
Já dizia Darwin: só o Homem consegue distinguir a água benta da outra...! Mas isso não faz do Esperança menos Homem, apenas menos bento! Abraço!
Pai de Familia disse…
Ainda nem se falava das Presidenciais de 2011 e a recandidatura do Prof. Cavaco Silva era coisa pacífica entre as hostes da direita mole, leia-se esquerda disfarçada, já eu pensava neste Homem como candidato ideal a essas eleições.

Pois ide ler antigos comentários meus, neste blogue, e confirmai.

Avance o Senhor Professor Doutor João César das Neves. Estarei na primeira linha do combate, a lutar por tudo o que é limpo, civilizado, ético, respeitador da Vida e dos mais altos valores.
Manel disse…
Das Neves a candidato, já!

Mensagens populares deste blogue

Notas sobre a crise venezuelana…

Vasco Graça Moura