Momento de poesia

Donzelas à beira mar" - Dacha.


Dissertação sobre o entardecer…


À Dacha,
pelo seu amor à pintura

Todas as linhas

procuram o ponto de fuga

ou será que o horizonte

se diluiu no pôr-do-sol

quando pintavas o mar?

Não sei se as tuas mãos tremeram

e o teu corpo estremeceu de prazer

quando a luz

varreu a tela

e afogou o meu olhar.

E é naquele rio de águas brandas

e naquele mar de prata e de absinto

que eu gostava de me banhar

e responder ao apelo daqueles caminhos

que as tintas avermelharam

ao entardecer…

Alexandre de Castro

------------------------------------------------------------------

A Dacha (Dália Faceira) é uma notável pintora, com uma obra assinalável no seu vasto currículo, e que eu já tive a oportunidade de abordar criticamente no Jornal do Douro, quando de uma exposição dos Antigos Alunos do Liceu de Lamego. Pediu-me para escrever um poema para o incluir no livro com as suas pinturas, a publicar brevemente. É uma honra poder dedicar-lho.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

A lista VIP da Autoridade Tributária