RPT 1 - o "massacre"...

O Sport Lisboa e Benfica sagrou-se - na última jornada da Liga Sagres - campeão nacional de futebol da época 2009-2010.
As comemorações deste feito desportivo decorreram em Lisboa [Estádio da Luz, na Praça Marquês de Pombal, etc.] e em várias localidades do País.

A RPT 1 - a televisão pública - abriu o Jornal da Noite (às 20 horas) com a cobertura deste acontecimento desportivo. De um fôlego, "gastou", nesta reportagem 48 minutos..., i.e., desde a abertura até um retardatário 1º. intervalo [publicitário].
Os telespectadores da RTP 1, foram - indiscriminadamente - submetidos a um verdadeiro "massacre mediático", avulso e, muitas vezes, repetitivo.
Na verdade, 48 minutos de tempo de antena, no mais importante jornal nacional, é "muita fruta", não contabilizando posteriores breaking news

A RTP para respeitar a globalidade dos cidadãos [...que contribuem para o seu regular funcionamento] e, simultaneamente, ser um serviço público para o universo dos portugueses, precisa de encontrar melhores equilíbrios e exibir mais equidade.

Uma coisa são notícias do dia, outra será um programa especial sobre o campeonato nacional de futebol que, neste momento, tem absoluta justificação. Misturar tudo, não!
Declaração de interesses: Embora aprecie um bom jogo de futebol, não perflho quaisquer preferências clubisticas...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

Notas sobre a crise venezuelana…