A ponta do iceberg?

Difícil de aceitar (digerir) o conteúdo do comunicado da administração da CP. link


Duas opções:

- Ou a situação é catastrófica e a derrocada financeira começou por uma empresa pública?

- Ou, trata-se de uma retaliação (chantagem) da administração sobre os trabalhadores desta empresa que – imaginem – reivindicam o direito à greve.

Nenhuma destas opções é compreensível para os portugueses.



Será que ministro Álvaro vai explicar (em PowerPoint!) este pré-anúncio de ruptura financeira no sector público empresarial?

Ou, Passos Coelho virá a público reafirmar que respeita o “direito à greve” como se gozasse da liberdade de – enquanto 1º. Ministro – produzir outro tipo de afirmação?

Finalmente, este comunicado será um sinal dos “impagáveis” gestores públicos para os “mercados” no intuito de desvalorizar a sua futura, e há muito anunciada, privatização?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Divagando sobre barretes e 'experiências'…