António Costa e a popularidade

Anda aí um azedume, um ranger de dentes, um ódio reprimido pelas sondagens que dão ao PM altos índices de aprovação e popularidade.

Não se amofinem, o eleitorado é volúvel. Churchill ganhou a guerra e perdeu as eleições seguintes. É curta a distância que separa os aplausos e os assobios, o amor e o ódio, a admiração e o desprezo. É mais fácil surgir um mitómano que galvanize o país ferido, com promessas fraudulentas e demagogia fácil, do que obter a gratidão de um eleitorado formatado pelas redes sociais e a Cofina.

António Costa já ganhou um lugar na História, ao resgatar o BE e o PCP da chantagem da direita, que se julgava detentora do monopólio da venda de bilhetes para o arco da governação e do direito de veto. Ganhou estrelas de general no combate à pior direita, ao atirar para o caixote do lixo da História a tralha Cavaquista e Passista, dando lugar ao aparecimento de Rui Rio que interrompeu o ciclo salazarista do PSD e desfez o CDS.

António Costa abdicou de um lugar relevante na União Europeia para continuar a servir o País. Ganhou na cena internacional o prestígio que irrita os adversários e um ódio que estendem à ministra e diretora-geral de Saúde, intrépidas timoneiras que se revezam ao leme do barco salva-vidas, num mar encapelado, em permanente e arrasante exposição, no combate contra um vírus onde as mais conceituadas agências internacionais vacilam, e corrigem estratégias.

Portugal e o SNS têm trazido alguma tranquilidade perante os média que anunciam cada morte pela COVID- 19 com o entusiasmo da meta atingida e do registo ultrapassado, na competição mórbida da propagação do medo, a competir com um vírus que tão depressa se propaga e de que tão pouco se sabe.

Sinto-me confortável com este Governo do PS e apenas temo que a alternância se faça à custa de partidos democráticos na deriva fascizante que alastra na Europa e no Mundo.

Resta-me a consolação de saber como acabaram Hitler e Mussolini que galvanizaram os seus eleitores, mas nem ouso recordar o sofrimento que foi preciso para os derrubar.

Resta-me registar que Portugal fez melhor do que muitos, e muito mais depressa, na luta contra o COVID- 19.

Comentários

Manuel Galvão disse…
Só não entendo a razão porque ainda não foram requisitados civilmente os hospitais privados.
O Hospital do SAMS, por exemplo, fechou, com centenas de camas e equipamentos médicos que podiam estar a ajudar o SNS a ganhar esta guerra...
Manuel Galvão:

Parece que isso dá origem a grandes indemnizações por parte do Governo.
Piglet disse…
Pois, só pode envolver dinheiro, pensar no melhor para os cidadãos está quieto.
E mais, as pessoas cujas empresas estão em layoff e só vão receber 66% do ordenado ainda vão descontar 11% para a segurança social, ou seja só recebem 55% do ordenado, isto é que é uma ajuda 🤔
E a banca sempre protegida????!!!!
País do caralho, sempre a castigar os mesmos e a ajudar os grandes á custa de quem trabalha
Boita disse…
Esse esperança que de esperança nao tem NADA, que leva o seu costa em ombros ,em que os trabalhadores vao perder rendimento do seu precário salário, nem uma palavra sobre a proposta do FASCISTA ANDRÉ VENTURA sobre a redução da madsa salarial do governo e presidente da republica extespetiva ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA é TUDO MÁFIA DIABÓLICA.
Pereira disse…
Enquanto isso abrem se concursos públicos para meter enfermeiros na linha da frete a pouco mais de 6€ por hora. Deve ser muito bom andar a lamber o cu ao Costa....
Rogério disse…
Fazer sondagens de popularidade na situação dramática do país é como fazer um concurso de beleza num campo de concentração na segunda guerra mundial! Jornalismo medíocre!
Nemo disse…
Os cães ladram e a caravana passa. Por muito que custe a alguns que só instilam ódio.
Unknown disse…
Há quanto tempo o André Ventura disse para fechar fronteiras e controlar aeroportos?
Nessa altura discutiam regionalização, nacionalizaçao dos CTT,eutanásia e sei lá que mais.
Ninguém ouvia ANDRÉ VENTURA. A casa ardeu, sim a casa ardeu porque ja houve muitos mortos que não são meros números. Tem família que está destroçada com a perda IRRECUPERÁVEL. E ,o REPUGNANTE sobe em popularidade? Só num país comunista é que estas mentiras colam, tal como na china.
Sabe-se lá quantas pessoas morreram e de quê? Com um mentiroso de primeiro ministro destes que censura as reportagens da Ana Leal e Alexandra Borges sobre o SIRESPE e o SNS vamos continuar na escuridão. AVANTE CAMARADAS! VIVA O COMUNISMO! PODEM CONTINUAR A VOTAR NESTE BOSTA PORQUE ESTÃO NO BOM CAMINHO.SÓ UM POVO CANALHA E VELHACO É ELEGE ESTA MERDA PARA ESTAR À FRENTE DOS DESTONOS DA NAÇÃO e o RIO BATE PALMAS!!!!!
Unknown disse…
Eu não como palha Sr. Carlos.
Não se esqueça "não falta nada ao SNS". Se gosta que lhe dêem tanga, então a palha é para si.
Unknown disse…
Quis escrever destinos
Unknown disse…
Estas sondagens encomendadas pelos carneiros que seguem o pastor chamuças, e que mais não são mais uma jogada da propaganda xuxalista e do bloco de esterco, na tentativa de passar uma escova na lixarada que têm sido a actuação deste desgoverno, com o beneplácito do bom vivant que dá pelo nome de Marselfies. Os abstencionistas é que têm de inverter isto. Vamos dar força ao André Ventura para invertermos este regime putrefacto que dura à 45 anos.
Unknown disse…
O que são as sondagens? Quando chegar a hora da verdade é que se vai ver. Não façam planos.
pauloloureda disse…
Sr Carlos , em quase nenhum país da Europa a extrema esquerda tem neste momento 20% como em Portugal na maioria os partidos comunistas desapareceram ou são residuais ,vão subsistindo uns (Podemos,verdes etc) que andam na casa dos 10% e também por toda a Europa vão surgindo novas forças liberais e de direita tipo IL e Chega que na maioria dos países andam já a volta dos 20% ou seja tem de aprender a conviver e respeitar quem não partilha da sua visão como e o meu caso que há já quase 1 ano muito antes das eleições me ter tornado militante do chega sem sequer imaginar que elegeriam 1 deputado mas como Portugal não e uma ilha rapidamente iremos para os 15% em linha aliás com o resto da Europa...
Adelino Gaspar disse…
Gostei da descrição feita. Bastante lucidez.
Eu não votei ps e no Costa por causa das corrupções,das impunidades e dos esquemas para gamar o cidadão comum mas ainda bem que o temos como primeiro ministro, apesar de muita coisa que funciona mal particularmente na saúde a começar pela ministra, que parece não saber bem o que anda lá a fazer.
O que seria de todos nós com um Passos, perdido em banalidades sem saber por onde caminhar. A por a teta da saúde na boca dos interesses privados.
Já agora também gostaria de reconhecer louvável a atitude da oposição nomeadamente PSD-Rio, e BE-Catarina.
Este artigo permite-nos chegar a este entendimento.
Adelino Gaspar disse…
Gostei da descrição feita. Bastante lucidez.
Eu não votei ps e no Costa por causa das corrupções,das impunidades e dos esquemas para gamar o cidadão comum mas ainda bem que o temos como primeiro ministro, apesar de muita coisa que funciona mal particularmente na saúde a começar pela ministra, que parece não saber bem o que anda lá a fazer.
O que seria de todos nós com um Passos, perdido em banalidades sem saber por onde caminhar. A por a teta da saúde na boca dos interesses privados.
Já agora também gostaria de reconhecer louvável a atitude da oposição nomeadamente PSD-Rio, e BE-Catarina.
Este artigo permite-nos chegar a este entendimento.
Adelino Gaspar disse…
Gostei da descrição feita. Bastante lucidez.
Eu não votei ps e no Costa por causa das corrupções,das impunidades e dos esquemas para gamar o cidadão comum mas ainda bem que o temos como primeiro ministro, apesar de muita coisa que funciona mal particularmente na saúde a começar pela ministra, que parece não saber bem o que anda lá a fazer.
O que seria de todos nós com um Passos, perdido em banalidades sem saber por onde caminhar. A por a teta da saúde na boca dos interesses privados.
Já agora também gostaria de reconhecer louvável a atitude da oposição nomeadamente PSD-Rio, e BE-Catarina.
Este artigo permite-nos chegar a este entendimento.
Adelino Gaspar disse…
Gostei da descrição feita. Bastante lucidez.
Eu não votei ps e no Costa por causa das corrupções,das impunidades e dos esquemas para gamar o cidadão comum mas ainda bem que o temos como primeiro ministro, apesar de muita coisa que funciona mal particularmente na saúde a começar pela ministra, que parece não saber bem o que anda lá a fazer.
O que seria de todos nós com um Passos, perdido em banalidades sem saber por onde caminhar. A por a teta da saúde na boca dos interesses privados.
Já agora também gostaria de reconhecer louvável a atitude da oposição nomeadamente PSD-Rio, e BE-Catarina.
Este artigo permite-nos chegar a este entendimento.
Adelino Gaspar disse…
Gostei da descrição feita. Bastante lucidez.
Eu não votei ps e no Costa por causa das corrupções,das impunidades e dos esquemas para gamar o cidadão comum mas ainda bem que o temos como primeiro ministro, apesar de muita coisa que funciona mal particularmente na saúde a começar pela ministra, que parece não saber bem o que anda lá a fazer.
O que seria de todos nós com um Passos, perdido em banalidades sem saber por onde caminhar. A por a teta da saúde na boca dos interesses privados.
Já agora também gostaria de reconhecer louvável a atitude da oposição nomeadamente PSD-Rio, e BE-Catarina.
Este artigo permite-nos chegar a este entendimento.
Adelino Gaspar disse…
Gostei da descrição feita. Bastante lucidez.
Eu não votei ps e no Costa por causa das corrupções,das impunidades e dos esquemas para gamar o cidadão comum mas ainda bem que o temos como primeiro ministro, apesar de muita coisa que funciona mal particularmente na saúde a começar pela ministra, que parece não saber bem o que anda lá a fazer.
O que seria de todos nós com um Passos, perdido em banalidades sem saber por onde caminhar. A por a teta da saúde na boca dos interesses privados.
Já agora também gostaria de reconhecer louvável a atitude da oposição nomeadamente PSD-Rio, e BE-Catarina.
Este artigo permite-nos chegar a este entendimento.
Adelino Gaspar disse…
Gostei da descrição feita. Bastante lucidez.
Eu não votei ps e no Costa por causa das corrupções,das impunidades e dos esquemas para gamar o cidadão comum mas ainda bem que o temos como primeiro ministro, apesar de muita coisa que funciona mal particularmente na saúde a começar pela ministra, que parece não saber bem o que anda lá a fazer.
O que seria de todos nós com um Passos, perdido em banalidades sem saber por onde caminhar. A por a teta da saúde na boca dos interesses privados.
Já agora também gostaria de reconhecer louvável a atitude da oposição nomeadamente PSD-Rio, e BE-Catarina.
Este artigo permite-nos chegar a este entendimento.
Unknown disse…
Comentários tendenciosos de gente que sente bem com um governo de extrema esquerda. Esta gente tem tachos arranjados e só dizem porcaria. Tal como a RTP, SIC e TVI. Tudo dominado pelo primeiro ministro que vai safar o seu grande amigo Sócrates....e chamam a isto democracia...enfim, somos um povo burro que gosta de ser mal tratado.
Unknown disse…
Boa noite eu acho um um comentario exacerbado que tranvassa o ridiculo os Portugueses tem um grau de cultura que entendem a realidade atual mas tambem ainda não se esqueceram de um passado recente de Pedrogão e de Socrates.
O SR. COSTA TEM UM LUGAR NA HISTORIA, Mas os Portugueses e muito bem quando as criticas sao um desrespeito por outras pessoas que tambem trabalharam em prol do bem estar dos Portuguesed tanto politicos da oposição sejam de esqu
erda ou de direita cada uns com as suas diferenças todos eles tem lugar na historio.
A situaçao com que enfrentamos esta crise é devida à forte mobilidade da sociedade acompanhada pelos OCS governo e oposição e P.R.
António disse…
Este ranhoso já tem o tacho garantido dado pelo rasca do DA A COSTA. e o PAPAGAIO REAL está metido no convento? Vamos continuar a votar nesta escumalha corrupta
António disse…
Este ranhoso já tem o tacho garantido dado pelo rasca do DA A COSTA. e o PAPAGAIO REAL está metido no convento? Vamos continuar a votar nesta escumalha corrupta
Unknown disse…
Aonde esta o jornalismo que devia ser apartidario nao basta escrever sem erros tem que se escrever sem sentimentalismos profundos pois isso leva ao ridiculo pelo bom jornalismo de referencia?
A linguagem e os erros gramaticais, além dos insultos, não permitem a um honrado reformado com 44 anos de trabalho e 77 de idade responder a fascistas. Passem bem. Eu dou a cara e podem ver quem sou, que livros escrevi e em que jornais colaborei na Internet. Boa noite.

Não apago comentários de cobardes que se escondem em nomes falsos.

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura