O apoio a António Costa

Houve um filósofo que dizia que os motivos eram posteriores aos atos, que os homens tinha medo porque fugiam e não o contrário, e eu tinha razão na defesa de quem conseguiu uma legislatura destruindo a chantagem da direita com o alegado 'arco da governação' e integrando todos os partidos.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

António Costa e a popularidade

Vasco Graça Moura