Afeganistão

Será por uma questão mimética com o Islão que a comentadora da situação afegã, hoje, no noticiário das 13H00, na RTP-1, usou a expressão «Graças a Deus, na sua explicação?

Há um advérbio de modo que podia ter usado com vantagem para dar a impressão de que o canal público é laico.

Comentários

Jaime Santos disse…
Por amor de Deus, Carlos Esperança, não vai conseguir expurgar a língua de expressões seculares...

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime