114 Papas e 228 testículos depois...

A cerimónia de verificação da masculinidade papal, numa Igreja tão misógina como a dos outros dois nonoteísmos, terminou há séculos.
O lugar de ‘apalpador’ dos testículos do candidato, antes de ser declarado Papa, foi eliminado, mas a história regista a cerimónia pia.
Vale a pena ler este artigo do blogue do jornal espanhol «País».

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime