Reflexão

Em Portugal, os órgãos de informação, televisões, rádios e jornais, são acusados de estarem sempre ao lado do poder. É uma denúncia profundamente injusta e falsa.

Foi verdade durante o governo de Passos Coelho e Paulo Portas, hoje não. Nunca, como agora, nos dois governos de António Costa, as emissoras de rádio, os canais de televisão e os jornais foram tão acirradamente oposicionistas.

Comentários

egr disse…
Chegam a ser obscenos no modo como se comportam ! para além da mediocridade são intelectualmente desonestos na forma como abordam muitas questões ; e quando confrontados com uma " Carta Aberta " a denunciar essas práticas reagem de modo tribal e gritam que lhes querem impor a censura !

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?