Marcelo, disse ontem, nos EUA que estava muito satisfeito, porque viu o bloco central a funcionar. Adiou a construção do aeroporto, impôs ao Governo, Montenegro, espécie de Passos Coelho da loja dos chineses, e obriga a gastar milhões de euros com a descoberta de Santarém para as opções de localização do novo aeroporto. 

Outra notícia importante, além da visita a portugueses que estiveram 33 anos em síndrome de privação de um PR português, sendo o primeiro a visitá-los depois de Mário Soares, foi a manifestação da intenção de visitar o Havai, uma alegria para todos os contribuintes.

Os jornais de hoje, após a vitória fascista, em Itália, fazem capa com uma referência discreta às eleições italianas, com exceção do DN, que ocupa a metade superior para a promoção de Moedas e a inferior com a vitória dos fascistas. 

O Púbico usa 2/3 com fotos dos principais autarcas que substituíram os edis do PS, com Moedas em primeiro lugar; o JN distribui o espaço pelo aumento de desempregados no verão em 2/3 dos concelhos do Norte e Centro e uma foto da nova ponte do TGV com tabuleiro para carros; o Correio da Manhã, ignora as eleições italianas, e o grande destaque é o do despedimento ilegal da empregada doméstica de Santos Silva, elegendo a foto do patrão em vez da da empregada.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1