Estado da Arte na política partidária e o veneno do PR na "Circulatura do Quadrado".

Quando a direita democrática anda à deriva no pântano do oportunismo, à espera de mudar de líderes, e a outra chafurda no esgoto que é o habitat natural, não se esquece Marcelo de denegrir o Governo, e o seu alter ego, Marques Mendes, de se esgotar no eco.

Felizmente há luar, o Governo governa.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime