Brexit


O infeliz resultado do referendo acabou por levar ao poder um mitómano culto, inteligente e narcisista capaz de tudo. 

Boris Johnson é vencedor da mais trágica derrota do velho império e obreiro da desintegração do país que resta, arrastando a UE.

Presos no labirinto de uma demagógica decisão referendária de um primeiro-ministro que preferiu a vitória nas eleições ao futuro do país, os deputados têm agora a responsabilidade histórica de uma decisão da qual ninguém sai bem.

O Reino Unido está a devorar-se e a devorar Boris Jonhson, enquanto a União Europeia pode seguir o mesmo destino.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

Notas sobre a crise venezuelana…