Defesa da liberdade de expressão

Quando renunciamos à liberdade e nos deixarmos tolher pelo medo, renunciamos à vida e à dignidade. O apoio ao jornal satírico Charlie Hebdo é uma obrigação cívica de todos os democratas de todos os países.

A solidariedade com as vítimas exige confrontar os algozes com a demência dos seus atos. Foi a civilização que o bando demente atacou. Aqui fica a capa do jornal, ontem publicado, como homenagem aos que foram assassinados e aos que têm a coragem de manter viva a liberdade de expressão.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?