Festa do Avante

 O Governo não pode impedir a realização de iniciativas de qualquer Partido, salvo se vigorar um “Estado de Emergência”, proposto pelo PR e aprovado pela AR, e houve quem usasse o pretexto no combate partidário, desprezando a CRP.

Quanto às motivações da campanha contra o PCP, legítima no plano das ideias e da praxis, talvez se esconda a raiva contra  a sua existência.

O último artigo de Pacheco Pereira, no Público, é uma eloquente e certeira análise.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?