O PR e as despesas de Belém

Ninguém duvida da honestidade do ainda PR e da normalização democrática que a sua chegada trouxe à vida política. Essa dívida, já paga com a devoção dos média, revistas do coração e multidões ansiosas de selfies, beijinhos e abraços, merece ser referida.

Face a irregularidades e inconsistências das contas da Presidência, o atual PR prometeu, no seu único mandato, reduzir as despesas e introduzir maior transparência, de modo a não se repetir o escândalo com o Museu da Presidência. Mandou, por isso, averiguar as despesas do antecessor, mas, até à data, nunca mais tornou públicos os resultados.


Comentários

joão pedro disse…


Lá prometer, prometeu...É o que sabem fazer, mas depois, na hora da verdade, arquivam as intenções !

Mas, oh Carlos, tenho uma curiosidade e queria saber da sua opinião. MRS anda em campanha eleitoral para o 2º mandato desde que iniciou funções no 1.º...Ora exactamente é sobre As Despesas de Belém que estou baralhado, ou seja é Belém ou outra pessoa ou entidade quem suporta as despesas resultantes da campanha eleitoral de MRS ! Que me diz, querendo.

João Pedro

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?