Hoje, na Cova da Iria - Foto do CM Jornal

O PR tem obrigação de, à semelhança do que fez com a Festa do Avante, manifestar as suas preocupações e pronunciar-se.


O sítio da Presidência da República é omisso quanto às legítimas preocupações e, certamente, repúdio, pela falta de bom senso e risco para a saúde pública.




Comentários

Jaime Santos disse…
A coerência levaria a que MRS dissesse do que se passou na Cova de Iria o mesmo do que se passou na Atalaia (e os comunistas praticaram o distanciamento social). Mas se não há votos a perder pela crítica ao PCP (pelo contrário!), já pela crítica às acções da Igreja Católica há e muitos.

A ICAR deveria, pura e simplesmente, limitar a afluência ao Santuário, ou mesmo encerrá-lo de todo.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?