Não é altura de pensar na energia nuclear para Portugal?

Ao que parece, a Natureza foi-nos pródiga no que toca às jazidas de urãnio. Toda a gente sabe que escorre até ao Mondego os resíduos das explorações abandonadas da ENU. Se já estamos a levar com os incómodos, porque é que não construímos centrais nucleares para deixarmos de ser tão dependentes do estrangeiro em termos energéticos?

Não é este o nosso único "petróleo"? A força do vento, das marés e do sol não bastam.

Os espanhóis têm as centrais deles bem perto da fronteira, portanto em caso de acidente já estavamos condenados.

É tempo de pensarmos a sério sobre isto.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

Notas sobre a crise venezuelana…