Marcelo e o Governo_2


No meu texto de ontem, houve leitores que confundiram o júbilo referido com a tomada de posse do atual PR com o apoio ao inquilino de Belém, aliás em reclusão voluntária na sua própria casa, por motivos incompreensíveis, depois de se saberem negativos os testes do coronavírus.

Independentemente de não lhe fazer a ofensa de o comparar ao antecessor, o que seria injusto, e do respeito que lhe devo pelas funções que exerce, o regozijo deveu-se à saída do antecessor e da tralha que acabou por acompanhá-lo, há quatro anos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime