segunda-feira, março 27, 2017

A inteligência desaproveitada

“Em 1989, quando era ministro das Finanças o Dr. Miguel Cadilhe e primeiro-ministro Cavaco Silva, o défice público português também foi de 2,1%. Não se trata, portanto, do valor mais baixo da democracia”, disse Passos Coelho aos jornalistas, no Luxemburgo.

O valor mais baixo do défice não foi 2,1%, foi 2,1%. Com tamanha sabedoria, chegou a PM!

Pensar que 2,1 é inferior a 2,1 explica a sedução de Cavaco por Passos Coelho