FERNANDO MUITO POUCO NOBRE

Já praticamente tudo foi dito sobre as habilidades de Fernando Nobre, a sua incoerência, as suas ambições desmesuradas, a contradição entre a imagem que de si pretende dar e a personalidade que realmente revela, o seu equilibrismo,etc.. Não vale a pena bater mais no ceguinho.

Costuma dizer-se nos meios jornalísticos que um cão morder uma pessoa não é notícia; notícia é uma pessoa morder um cão. Nesta perspectiva, não há dúvida que o anúncio por Passos Coelho de que o PSD ia apresentar Fernando Nobre como cabeça de lista por Lisboa, com o bónus de, em caso de vitória, lhe ser destinado o cargo de Presidente da Assembleia da República, foi a grande notícia da semana.

É que já ninguém se admira de ver um ilusionista titar da cartola um coelho; o que não se vê muitas vezes é um Coelho tirar da cartola um ilusionista!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime