Galiza - Vitória da esquerda

A Esquerda acaba de averbar mais uma vitória em Espanha.

Finalmente, à quinta vez, o velho cacique franquista Manuel Fraga perdeu o poder vitalício que pretendia exercer.

Aos 82 anos, enquanto o PP ainda tenta manobras desesperadas, a esquerda galega tem, pela primeira vez, condições para ascender ao poder.

Estas eleições, muito participadas, com um empenhamento eclesiástico superior ao habitual, alimentado pelo ódio à legislação progressista que Zapatero defendeu em Madrid, acabaram por alterar o xadrez político numa das zonas mais conservadoras e de mais forte influência clerical em Espanha.

Assim, após a contagem dos votos da emigração, caiu o eterno presidente Fraga Iribarne e a presidência da Junta da Galiza será confiada ao socialista Emílio Pérez Touriño, grande vencedor, em coligação com o Partido Nacionalista Galego.

A vitória histórica da esquerda abre uma nova página na Galiza.

Carlos Esperança

Comentários

Afonso Fraga disse…
O Sr. Carlos vê uma vitória onde não exitiu nenhuma. Típico de um esquerdista. O meu homónimo Fraga ganhou as eleições com 45% dos votos e 37 lugares do parlamento, mas seriam precisos 38 para ter a maioria absoluta. Ora. estratégia de última hora, os socialistas e os pseudo-nacionalistas do bloco galego vão-se coligar para formar governo. É isto que é preciso ser dito e o sr. carlos não disse, qual vitória qual quê!
Ze esterco disse…
Não esquecer que a Galiza apesar de ter sido governada por uma "velha raposa" da direita está muito mais desenvolvida que Portugal...e que veremos o que lhe acontece agora que "virou" a esquerda....
Ze esterco disse…
se alguem quiser ver mais sobre mim que visite http://circo-montado.blogspot.com/
KRITIC disse…
Custa ver um homem sério e preocupado, atento ao q se passa à sua volta, exultar com uma vitória da esquerda no país vizinho.
será derivado da nostalgia de não poder dizer o mesmo do nosso país, depois do embuste q é a canhota do partido "socialista" de sócrates.
de qquer forma meu amigo, é necessário perseverança q o povo português não é menos inteligente q o galego.
Como este agora provou é tudo uma questão de tempo.
com abraços de esquerda verdadeira.
KRITIC
SR. Afonso Fraga:

Parece que o seu homónimo Fraga Iribarne foi afastado do poder. Então ganhou?

Pela primeira vez a direita foi afastada do poder.

Factos são factos.

...................

Quanto ao Sr. Kritic talvez tenha razão.
Mas temos de viver com a esquerda que temos para não ter de suportar a direita que temos.
Ze esterco disse…
Esse tal de kritic é bloquista ou é comunista??bem se ser socialista e mau imaginem mau*1000 para um comunista e mau*infinitas para um bloquista...saudações...."camaradas"..lol
Afonso Fraga disse…
De facto o Fraga Iribarne saiu do governo da galiza, mas tão somente por uma coligação de última hora dos partidos esquerdistas, que nestes casos olvidam o que os separa, mesmo que seja uma questão de valores. Típico da esquerda...
Quanto à direita, não se apoquente, pois não nutro quaisquer simpatias pelo PP, sou nacionalista, não me interessam as quetíunculas partidáris, interessa-me o meu povo no seu todo.
Sr. Afonso Fraga:

Eu sou adversário da direita mas não sou inimigo.

Respeito, por exemplo, os actuais líderes do PSD e do CDS.

Do que tenho medo é mesmo dos nacionalismos. Dos nacionais e dos outros.

Chegaram-me 3 décadas que vivi sob a ditadura nacionalista de Salazar.
Anónimo disse…
You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it » »

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação