Dr.a Manuela Leite e o pudor

Falta o pudor e a honestidade poítica a esta Senhora.
Afirmou ontem, com o desplante que já lhe conhecíamos, que as medidas do governo só aumentam a receita, não afectando a despesa....
Mais vociferou que a utilização feita do relatório do Banco de Portugal sobre o défice descredibiliza o esforço e discurso de exigência: os sacrifícios de 3 anos. Assim, "as pessoas vão concluir que não vale a pena fazer sacrifícios, já que no fim fica tudo ainda pior!" (Pois ficou!) E consegue completar o seu raciocínio afirmando que o défice apresentado é ilógico!
Repudio em absoluto a conduta política da ex-Ministra das Finanças. Sem humildade para assumir o fracasso. Mantendo uma arrogância desmesurada. Sem pudor!
É mais um episódio a acrescentar a tantos no curriculum da já famosa "Minsitra da Recessão" (1993-1995 e 2002-2004).

Comentários

Anónimo disse…
Do que a nação precisa é de idiotas como você!...
Tenha juizo!
A Drª Ferreira Leite tem mais cérebro na ponta de um cabelo que você no corpo todo.
É por essas e por outras que vozes de burro só chegam a estes blogues de paróquia!
Se acha a Dr. Ferreira Leite má e sobranceira, espere uns anitos e se você tiver um pingo de inteligência e humildade, acabará por lhe dar razão!

Castro Sobrinho
Maria disse…
Caro Sr Castro Sobrinho,
Evidentemente o sr nao conhece o Andre, acredite-me, nao duvidaria da sua (dele!... evidentemente) inteligencia se o conhecesse. Alem disso, chamar burro a alguem nao é a melhor maneira de argumentar uma opiniao contraria. Normalmente, a violencia verbal é a arma de arremesso de quem nao tem a confianca de ter argumentos solidos. Se nao quer ler o blogue nao leia, se quer dar o seu contributo de, mas nao com palha, os outros nao sao obrigados a tolerar a dieta intelectual a que voce esta habituado.
Andre, gosto de te ler no Ponte Europa... continua.
Cumprimentos,
Rosario Andrade
Senhor Castro Sobrinho:

A facilidade com que chama «idiota» a quem tem um nível intelectual e ético de grande gabarito desculpa-se num saprófita do cavaquismo, mas torna-se intolerável em alguém que na escala Binet/Simon atinja o 110.

A drª Manuela Ferreira Leite deu uma entrevista banal e não conseguiu justificar o seu mau desempenho como ministra.

O Sr. Castro Sobrinho tem o direito de a idolatrar, com a falta de ícones da área em que se coloca. Agora, insultar quem expõe honestamente a sua crítica é uma atitude que, à partida, revela falta de argumentos.

Apareça melhor preparado na próxima vez e sem esse azedume de quem deu ao País um Santana Lopes para primeiro-ministro.
Anónimo disse…
O Sr. Castro Sobrinho, poderia fundamentar a razão de tal idolatro? Costuma-se dizer que contra argumentos não se discute, e como tal, apresente-os.....

Perene
"O ZÉ" disse…
Só insulta quem não tem argumentos ou esta obsecado....é pena porque para fazer analise é necessário por de lado o coração e agir racionalmente.
Mais passant....o que me chocou mais foi a defesa das mordomias dos politicos e a sua defesa para que alguem assuma a governação....
pensava eu "ingenuamente" que isso era um dever civico e patriotico e não um mero acto de "mercenário"...
pelos vistos sou um ingenuo como milhares de Portugueses que até a vida tem dado pela Pátria sem nada receber em troca....triste muito triste
Taxeira disse…
Se o André não é burro então é intelectualmente desonesto.



Se o André percebe um pingo de enonomia nunca teria escrito o que escreveu.



Se o André é inteligente e se o André percebe de economia então deveria ter vergonha na cara e não andar a fazer estes papeis.



o Défice apresentado pelo Dr. Constâncio seria (observar o tempo verbal)o défice que se obteria no final de 2005 caso o orçamento fosse cumprido exactamente como estava na vertente da receita mas, curiosamente já não houve o mesmo critério na parte das despesas. í foui considerado outros factores.



Não me esqueço da pequeno jogada feita por este governo de logo no inicio do mandato descativar várias rúbricas orçamentais para aumentar o valor do défice no relatório constâncio mas que o ministro Cunha já as cativou novamente.



Caro André como não sou faccioso como o André é, ou então é burro, acrescento que concordo com as generalidade das medidas de carácter económico anunciadas por este governo. Só tenho pena que não vão mais além. A parte da receita já está, falta trabalharmos na parte das despesas...
Anónimo disse…
Os cobardes escondem-se no anonomato...
cobarde disse…
A COBARDIA ESTÁ NA MODA.
VIVAM OS COBARDES.
Taxeira disse…
Quando faltam arumentos ataque-se o anonimato...

Ataquem o conteudo e não o mensageiro.

Complicado não é?

É o problema dos demagogos...
Anónimo disse…
mas será que as reformas e subvenções vitalicias não são despesa?????
Ou será receita......
é que parece que para alguns esta coisa gira ao contrário....ou então querem fazer de nós tansos será??????
Anónimo disse…
best regards, nice info video editing programs

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro