Síria - um barril de pólvora em zona estratégica

Um ataque bem planeado e com um objectivo claro: golpear de forma decisiva o regime de Bashar al-Assad e a sua capacidade de continuar a travar a guerra.

Damasco, há meio século, era uma cidade cosmopolita com tendência secular. A Síria manteve o pluralismo religioso e o Islão não era a lepra que ameaça destruir o país e tornar impossível qualquer liberdade.

Comentários

soudocontra disse…
É pena que uma pessoa como o autor deste post não queira saber o que realmente se passa na Síria,onde os EUA se preparam para mais um assalto imperialista. Enfim... visões do mundo, que não colhem bem em homens ditos da esquerda democrática!?!?!?
soudocontra disse…
Um exemplo, apenas, da realidade vivida na Síria e manejada pelos ststes: http://www.internationalnews.fr/article-les-terroristes-d-al-qaida-en-syrie-video-107956278.html
soudocontra:

Onde é que me viu tomar partido? Não será um fantasma seu?
soudocontra:

Apostila - E há o perigo de a Alqaeda se apropriar das armas químicas que também não estão em boas mãos.

Nunca estão e não deviam existir.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?