A direita PSD-PC-ml*/CDS-AC** e a camuflada

A direita truculenta e jurássica que explorou a tragédia, a dor e o luto de Pedrógão e que inventou suicídios (plural) através do mórbido desejo do seu candidato à Câmara, sob o rótulo de provedor da Misericórdia, mentira que Passos Coelho logo atribuiu à falta de assistência psicológica do Governo, é a que inventa listas de mortos com nomes falsos e repetidos e que, em cada casa que arde ou povoação ameaçada, deseja tirar das brasas os votos que lhe faltam para ser Governo.

A direita de matriz salazarista é a que faz ultimatos ao Governo para que viole o segredo de justiça e interfira na independência do Ministério Público para, depois de divulgada a lista de vítimas, ver o novo líder da bancada do PSD sair tosquiado por ter ido em busca de lã, e Assunção Cristas, em apneia, com a moção de censura atravessada na goela.

É essa a direita que o PR, um político da direita civilizada, censura hoje na entrevista ao DN e a que Lobo Xavier (CDS) condena o delírio, na “Quadratura do Círculo”, dizendo que o PSD e o CDS devem pedir desculpa ao País.

Mas há outra direita, mais cobarde e dissimulada, a que diz que não é de direita nem de esquerda e destila ódio aos ‘políticos’, a dos autarcas que acusam os ‘políticos’ para ocultarem a sua incúria na prevenção dos fogos que devoram os seus municípios, como se eles próprios não fossem políticos, e a direita que circula nas redes sociais a dizer que ‘são todos iguais’.

Quem, como eu, não oculta a simpatia pela atual solução de governo e o desprezo pelo anterior, assim como a particular náusea por Cavaco Siva, tem obrigação de defender o que julga justo, sem se deixar limitar pelo desgosto de amigos, ameaças de anónimos ou reprimendas de reacionários.

Este mural é uma prova, e este texto a reiterada promessa de manter o rumo, apelando à solidariedade para com este governo, sem prejuízo de acolher o contraditório e permitir os comentários, desde que urbanos, mesmo a quem fecha a sua caixa de comentários.

*   PSD-PC-ml = PSD Passos Coelho-Maria Luís

** CDS-AC = CDS-Assunção Cristas

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975