Gato escondido com rabo de fora…

"Do ponto de vista do Estado, o quadro é conhecido, nós temos o cancelamento do 13.º e do 14.º meses e a manutenção do congelamento de salários durante todo o período do programa de assistência económica e financeira. Esse é o enquadramento que é conhecido, não é novidade», afirmou Pedro Passos Coelho”. link

O inicialmente anunciado foi a "suspensão" dos pagamentos do subsídio de férias e Natal em 2012 e 2013. Pelo meio Miguel Relvas veio com a história da carochinha de que nos países da Europa do Norte só haveria 12 vencimentos anuais, i. e., a "compressão", depois – para emendar a mão – Passos Coelho levantou a hipótese de integrar os 14 meses em 12 pagamentos (a "concentração"), etc. …


Agora evoluímos para o “cancelamento”?

Isto é, O Governo vem deste modo insidioso tentar fechar um processo de retribuição salarial, tornando sem efeito o 13º. E 14º. mês, para os funcionários públicos, pensionistas e aposentados?


E só o anunciou como medida temporária por recear a fiscalização da sua constitucionalidade?


Será que Passos Coelho vai esclarecer cabalmente este assunto ou vai delegar no Ministro das Finanças (cuja voz sincopada e monocórdica causa urticária aos incautos contribuintes)?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?