ÀS PRAÇAS, CIDADÃOS!

Realizam-se amanhã por todo o País manifestações de protesto contra a política antipopular e antipatriótica do governo.

Pela parte que me toca, há perto de quarenta anos que não participo em manifestações de protesto. Participei em muitas, na minha já longínqua juventude, contra a ditadura de Salazar e de Caetano. Lembro-me particularmente de uma, na Praça da República, em que ao meu lado outro estudante foi baleado pela polícia de choque.
Depois do 25 de Abril, porém, não voltei a sentir necessidade de protestar por essa forma.

Mal eu sabia que agora, com provecta idade, voltaria a sentir-me no dever de saír à rua para protestar contra esta espécie de fascismo económico e social que estão a impor-nos.

A Pátria está a ser vendida.

O povo está a ser espoliado de tudo, desde o pão à dignidade.

A democracia está em perigo.

É preciso gritar bem alto: BASTA!

É preciso demonstrar aos esbulhadores que a nossa por eles tão gabada "paciência" se esgotou!

Em Coimbra a manifestação terá lugar na Praça da República, às 17 horas.
Quarenta anos depois, lá voltarei.
E apelo a todos os democratas que participem e protestem.

Mais que um direito, é um dever!

Comentários

Lamento mas por todo o país de certezinha que não, daqui vão 1200 para Lisboa, o Barreiro vai enviar 2500 voluntários, Almada não sei mas devem rondar os 3 mil, a Baixa da Banheira depende tanto pode dar uns 500 da praça catarina eufémia, como pode não dar nada como na última das juntas em nem encheram 2 dos TCB.
Logo se vai tudo para Lisboa e amanhã vai haver calor para a costa e banhistas aos montes, quem é que se vai manifestar aqui?

E o deserto tem meio milhão de votantes mas exporta os manifestantes todos..

Em Fevereiro de 75 inda virávamos 3 carros da GNR e arrasávamos a avenida
agora....tá tudo velho...
e levantar cedinho para esperar pelo transporte autárquico....

se tiverem 40 camionetas no Eduardo VII isso quer dizer que pelo menos uns 10 mil vão de barco
atão nã vi nenhum em são bento

prometem prometem e nada...

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?