Augusto Valente, capitão de Abril - Faleceu

Augusto José Monteiro Valente – militar de Abril

O major-general Monteiro Valente deixou-nos. É mais um militar de Abril que parte, um general que amou a Pátria e honrou a farda, um cidadão que arriscou a vida para que Portugal tivesse uma democracia.

Partiu destroçado com o rumo dos acontecimentos políticos, de mal com o estado a que o País chegou, revoltado com a deriva ultraliberal, que o amargurava, receoso do futuro da liberdade que ajudou a conquistar.

Monteiro Valente era um homem de uma integridade à prova de bala, com um elevado sentido da honra e do cumprimento do dever.

Portugal e a democracia ficam mais pobres. A família e os amigos ficam destroçados.

Sozinho sublevou o quartel da Guarda no 25 de Abril. Deixa uma saudade que é também a revolta com que nos associamos à sua.

Repousa em paz, querido amigo.

Comentários

Para além de tudo o mais era um homem culto, afável, sem quaisquer tiques militaristas, com quem dava gosto conviver.

A sua morte é sem dúvida uma grande perda para o País, para Coimbra e para todos os que com ele conviviam, mesmo que apenas ocasionalmente, como era o meu caso.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?