Efeito Trump?

A Áustria pode tornar-se hoje o primeiro país europeu a eleger um chefe de Estado da extrema-direita desde a II Guerra Mundial.

Norbert Hofer, 45 anos, derrotado por apenas 30.863 votos (0,6 por cento) na segunda volta das presidenciais, a 22 de maio, será o provável vencedor.

Apostila - Felizmente, enganei-me. Sinto algum alívio. (17H00)

Comentários

e-pá! disse…
Enquanto Trump andar às voltas com as conferências na sua tower a Europa ainda respira.
O 'Trumpismo' assemelha-se um pouco à doença dos Legionários. Vai ser transmitida por partículas em suspensão e gotículas e todos sabemos que a origem dessas disseminações parem muitas vezes de 'torres' (de arrefecimento, aquecimento, etc.).
Mas o próximo problema já vem a caminho: França! E a estreiteza de ter de escolher entre o mal e a caramunha....Por que como o tempo que medeia entre o assentar de arrais do Donald e os votos dos franceses a contaminação epidémica será o mais provável...
e-pá:

A Áustria escapou, por agora. A Itália entra hoje em ebulição. E a Europa, sem vacina para os contágios avança para a fase terminal. Com mágoa minha.

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro