XX Congresso do PCP e as ilusões da Direita..


O último congresso do PCP é mais uma derrota para a Direita. Na suas catilinárias contra o atual Governo, a Direita ressabiada e catastrofista, sempre suspirou que a ‘posição conjunta’ assinada pelo PCP, BE e PEV com o PS para permitir a formação de um governo alternativo capaz do travar o assalto neoliberal, viesse a causar problemas no interior da formação partidária comunista.

A procissão ainda vai no adro mas todos os indícios apontam no sentido de que a militância comunista compreende e apoia a decisão da sua direção que resolveu tudo fazer para não dar mais hipóteses à Direita de Governar.

Repetidamente, foi afirmado no XX Congresso que este Governo, e mais especificamente, os dois Orçamentos aprovados, não são de Esquerda.
O que ficou por dizer e não é menos importante é que os orçamentos aprovados são substancialmente opostos aos que a Direita pretendia.
Não foi dito deste modo mas, quer dentro do Congresso, quer cá fora, toda a gente percebeu.

Aos que têm uma formação ideológica mais consolidada percebem que o PCP, não renegando as suas bases leninistas, as intervenções produzidas no Congresso podem rever-se num famoso livro “Um Passo em Frente, Dois Passos Atrás”.
O livro trata, como todos nos recordamos, da resposta de Lenine a Rosa Luxemburgo sobre um debate surgido na II Internacional sobre a organização da social-democracia.

O XX Congresso do PCP respondeu (acentuando) às ansiedades da Direita, esclareceu a diferenças identitárias e ideológicas entre comunistas e sociais-democratas mas acima de tudo mostrou que um novo tipo de ‘compromisso histórico’ (muito diferente na conceção, circunstâncias e alcance do firmado por Enrico Berlinguer) tem muita mais estabilidade do que as tropeliais da Direita sonhavam e andaram por aí a divulgar aos incautos.
Se existe uma lição a tirar é que o XX congresso do PCP ratificou amplamente a estratégia seguida nas ‘posições conjuntas’ que expulsaram a Direita do poder e, mais significativo, em vez de a contestar, consolidaram a liderança.

Resumindo: Más notícias para a Direita.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975