Alfândega da Fé - Madrassa ou escola pública?


Cartaz timbrado à entrada do Agrupamento de escolas


Madrassa ou escola pública?

Correspondência trocada entre um piedoso e pouco delicado diretor de uma escola pública e os pais de uma aluna:

Em 26 de março de 2017 21:39, os pais da aluna escreveram:

Sr. Professor Monteiro,

Director do Agrupamento de Escolas de Alfândega da Fé

Não tendo tido resposta sobre carta enviada pela minha esposa no dia 23 de março acerca da intenção da Escola de realizar uma missa no seu espaço institucional, durante o período de aulas, a 3 de Abril (das 10h às 12h) venho reforçar e levantar algumas questões críticas, tendo em conta que os direitos dos pais e das crianças não são respeitados, como é de lei numa escola pública de um estado que se afirma laico: 1) utilização de horários e programas de disciplinas extra-curriculares, escolhidas pelos encarregados de educação;

2) secundarização das disciplinas extra-curriculares em função de propostas da escola à data da inscrição das crianças no respectivo ano de escolaridade.

3) nenhum pedido de autorização aos encarregados de educação para a utilização dos horários dessas disciplinas

4) ignorância do horário escolar regular;

5) nenhuma informação, até à data aos encarregados, de educação;

6) nenhum respeito pelas opções dos pais/encarregados de educação quanto a opções religiosas ou laicas;

7) esta actividade não consta do plano de actividades da escola;

8) nenhuma informação quanto a actividades regulares (aulas) ou alternativas para os alunos que não participam na missa católica (sem alternativas laicas ou religiosas) a realizar nos espaços da Escola, nem em qualquer ensaio, regular ou geral previsto pelos professores; neste âmbito, sublinho que não serão estes alunos a estar em falta, mas a escola, por ausência de informação e de alternativas até à data.

Com os melhores cumprimentos

Fernando Antunes

***

Eis a resposta:

—– Data: Mon, 27 Mar 2017 12:44:29 +0100 De: Monteiro zé

Assunto: Re: Escola Laica Para: f.antunes.unip@(…) Cc: monteiroescola , daealfandegafe , etc.

Ex.mo Sr. Fernando Antunes,

Deu entrada dia 24 neste Agrupamento de Escolas um e-mail endereçado pelos pais e encarregado de educação da aluna Luana Rodrigues Antunes, recebido às 21 horas e 52 horas do dia 23, a solicitar esclarecimentos sobre o plano de atividades aprovado no início do ano letivo e em funcionamento desde então. Não me parece que um esclarecimento desta ordem seja prioritário a fim de ser exigida uma resposta entre sexta feira e domingo às 21 horas e 39 minutos e muito menos me parece existir bom senso em afirmar que não existiu resposta.

A resposta a todas as solicitações será dada em breve.

Cumprimentos,

José Monteiro

Comentários

victor sousa disse…
o senhor Monteiro reúne todas as condições para ocupar tal cargo, que de há muito devia ser colegial.
Jaime Santos disse…
Convenhamos, esperar que se responda no próprio dia (Sexta, 24/3) a um email desta natureza parece-me pedir um pouco demais. Seguramente o Diretor tem outros afazeres (espera-se). Se uma resposta não chegasse digamos até Quarta-Feira, dia 28/3, aí haveria razões para insistir (a dita missa iria ter lugar na Segunda seguinte, dia 3/4). Isto dito, a resposta denota falta de profissionalismo e até má educação. Os Pais de uma criança têm o direito de mostrar impaciência, já o Diretor de um agrupamento não. Podia quando muito pedir um pouco de paciência, mas nunca dirigir-se às pessoas nestes termos.

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro