Penacova - Atentado à laicidade

Ex.mo (a) Sr. (a)

Incumbiu-me o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Penacova de enviar o convite para a exposição “100 anos, 100 terços: Centenário das Aparições de Fátima”, a ter lugar no dia 3 de maio, pelas 17.30h, na Biblioteca Municipal de Penacova.

Paula Silva___________________
Biblioteca Municipal / Centro Cultural

Largo Alberto Leitão, 5 | 3360-191 Penacova
www.cm-penacova.pt  | geral@cm-penacova.pt  

Comentários

Acabo de saber que a referência à Diretora do Agrupamento de Escolas de Penacova foi feita abusivamente. A piedade das autarquias atinge a apoteose da ilegalidade em anos eleitorais.
O caso é ainda mais lamentável por se tratar de uma Câmara de maioria "socialista".
Quando os próprios "socialistas" dão estes exemplos...
Creio que na Câmara há um vereador da CDU (que, note-se,não conheço). Será que ele protestou? Duvido...
e-pá! disse…
Depois do recente caso de Alfandega da Fé o envolvimento (abusivo?) do Agrupamento de Escolas de Penacova num processo de intromissão da Igreja no espaço público, não pode deixar de ser um alerta sobre um 'ambiente prosélito' que estará a infestar as Escolas da República. Dá para questionar se será só o sarampo a ter um surto epidémico. O problema é não estarem disponíveis vacinas para todas as situações de disseminada contaminação.
Mas pior do que o atentado à laicidade protagonizado pela autarquia de Penacova será a tolerância de ponto anunciada para 12 de Maio (véspera das 'visões pastorícias e campestres') porque, tendo rebate nacional, aparece sob os auspícios de um Governo socialista que se reclama herdeiro político de uma matriz republicana, laica e socialista.
Só resta esperar que não apareçam tiradas bolorentas (salazarentas) do tipo "somos um Povo tradicionalmente católico...".
O que tem ser invocado e cumprido e tem sido repetidamente atropelado é que somos um 'Estado constitucionalmente laico' onde cada cidadão professa (ou não) a religião que entender.

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro