Apesar de saber que é uma fraude

O papa Bento XVI prestará homenagem em Maio próximo ao “Santo Sudário”, o lençol que, segundo a tradição católica, foi usada para envolver o corpo de Cristo tirado da Cruz e que se encontra em Turim (norte da Itália), indicou nesta terça-feira o Vaticano.

Comentários

Anónimo disse…
Ainda sobre a polémica das declarações de Saramago sobre a bíblia escreveu Vasco Graça Moura um artigo de opinião no DN que surpreendentemente até está bastante bom (deve ser das poucas vezes que concordo com ele):

Melhor crer do que ler?

por Vasco Graça Moura


Há um bom par de anos, escrevi num artigo intitulado "Contra Deus" (Egoísta, Outubro de 2001) que "o Jeová da Bíblia é um ser caprichoso e muitas vezes iniquamente absurdo. O Deus dos Católicos (já agora, e por razões óbvias, é-me mais difícil falar do austero Deus dos protestantes…) é um ser em que o princípio da crueldade é transferido para a paixão de Cristo e que, no que respeita ao sem sentido do sofrimento do mundo, transpõe para uma dimensão escatológica a correcção de todas as injustiças e a abolição desse sofrimento. Em minha opinião, é preciso realmente ter muita fé para se acreditar e para se esperar que seja assim. Sem contar que se trata, no ensinamento eclesial ao longo de séculos e séculos, de um ser castrador e profundamente misógino, obstinado contra o que em nome dele se estigmatizava como 'pecado da carne', e redutor da filosofia (e portanto do próprio pensamento) à condição de serva da teologia (philosophia ancilla theologiae). A cultura, que para os Gregos era antropocêntrica, tende a tornar-se teocêntrica e cristocêntrica a partir dos primórdios do Cristianismo.
A lógica passou a ser substituída pela aceitação passiva dos chamados mistérios da fé. Deus, e não o homem, passa a ser a medida dogmática de todas as coisas. O Cristianismo instaurou uma cultura do arrependimento, na expectativa da misericórdia de um Deus cujos desígnios são imprescrutáveis."
O Deus do Velho Testamento é um ser intolerante, insatisfeito e vingativo. A terribilità da voz dos profetas tem qualquer coisa de deriva totalitária, existindo para o anúncio reiterado da catástrofe, se à rigidez da norma divina não for sacrificado, sem dó nem piedade, tudo e mais alguma coisa.

[...]


Ler o resto aqui.
Anónimo disse…
Bento XVI decidiu abraçar uma carreira músical!

Bento XVI lança disco com música sacra moderna

Música sacra moderna, orações, ladainhas e cantos marianos em várias línguas, incluindo português, preenchem Alma Mater - Música do Vaticano, disco gravado por Bento XVI e que estará à venda dentro de um mês, anunciou hoje a Agência Ecclesia

Fonte: Sol
Anónimo disse…
prefiro esta música sacra....
http://www.youtube.com/watch?v=4F9DxYhqmKw
Anónimo disse…
a própria criação da ICAR jé 1 fraude!
Julio Carrancho disse…
Este “Santo Padre” dá uma no cravo e outra na ferradura [tipicamente, o habitual em papas]!
Antes, tinha abolido a fraude do Limbo, e agora beija as franjas da falcatrua do sudário santíssimo!
Só visto, que contado ninguém acredita!

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

O último pio das aves que já não levantam voo