Momento de poesia

Dissertação sobre o tempo…



Chego sempre atrasado

quando me chamas

as horas nunca esperam por mim

e é por isso que os relógios me odeiam

talvez seja o tempo a querer adiar

o futuro que tu desejas


Alexandre de Castro

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?