Júlio Pomar

 Aos 92 anos, faleceu ontem o grande artista plástico e lutador antifascista.

Nas imagens ficam o criador e a criatura que o fascismo juntou no espaço exíguo de uma cela para criar a ampla amizade que os uniu na partilha do gosto pela liberdade.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

Vasco Graça Moura