sábado, setembro 10, 2016

Morreu o pintor

Mário Silva
Somos muitos os que sentimos a perda, mas continuaremos a vê-lo nos milhares de metros de tela a que deu cor e vida ao longo de uma longa vida de artista plástico.

Abraço a Zé, sua dedicada companheira, e os filhos Sandra e Mário, a quem apresento sentidas condolências.

Deixo aqui, em comovida homenagem, um texto que escrevi para um dos seus catálogos:

«Mário Silva:

Tira das tintas cores mas é da alma que extrai a beleza que lhe escorre do pincel. Brotam-lhe da imaginação as formas, mas é ao sentimento que vai buscar a força que lhe conduz a mão que percorre as telas. Constrói a vida e a obra, passo a passo, dia a dia, com a paciência de um monge e a sabedoria de um profeta.

Disfarça de narcisismo a timidez e é rodeado da multidão de amigos que faz a catarse da solidão que o habita. Encontra na irreverência e na provocação o registo adequado para dissimular o altruísmo e a generosidade que o exornam. Dá-se aos outros fingindo que é para si próprio que olha.

Depois de noites compridas, de capitosos néctares e abundantes vitualhas regressa a casa, ao sorriso sereno da Zé, à companhia ensonada e meiga do último Mário, seu filho, e aos quilómetros de tela ainda virgem à espera de serem percorridos com a avidez criativa e o traço iconoclasta do artista que desafiou durante meio século a ortodoxia de qualquer escola.

É na fraterna amizade que se respira, nos convívios que promove, que melhor podemos apreciar a síntese do homem, do cidadão e do artista. Fraterno e jovial. Solidário e simpático. Irreverente e sedutor. Sempre.

E é na sua casa de Lavos e no caos que aí metodicamente organizou que podemos encenar uma tertúlia e fruir convívios calmos que as últimas décadas se encarregaram de exonerar na pressa do consumo e na vertigem da acumulação do capital.»

Hoje é o último e doloroso encontro.

3 Comments:

At sábado set 10, 06:16:00 da tarde, Blogger e-pá! said...

Uma perda para Coimbra e para o País.
Julgo que a real dimensão deste artista está ainda por revelar. Entrará, provavelmente, na galeria daqueles cujo vulto se agiganta post-mortem.
Faz parte de uma plêiade de homens da cultura que pontificaram em Coimbra nas décadas de 60, 70 e 80. Quando Coimbra representava alguma coisa no contexto cultural e social nacional.

Recordo com muita saudade as performances do Circulo de Artes Plásticas, as soirées regadas e animadas da Clepsidra, as noites infindáveis na Alta 'coimbrinha' peregrinando pelas Repúblicas, os 'happenings' na baixa - galeria do Primeiro de Janeiro, etc. ...

 
At sexta mar 31, 09:54:00 da manhã, Blogger 龙大猫 said...

nike air huarache
chrome hearts online
adidas yeezy boost
pandora charms
longchamp
nike huarache
kobe sneakers
links of london
lebron james shoes
nike lebron 14

 
At sábado abr 08, 09:10:00 da manhã, Blogger Zheng junxai5 said...

zhengjx 20170408
kyrie shoes
reebok shoes
michael kors outlet
kobe sneakers
light up shoes
adidas ultra boost
yeezy boost 350
links of london sale
michael kors
polo lacoste

 

Enviar um comentário

<< Home