Agradecimento

Parece trágico, mas não deixa de ser fascinante.
Proponho que se reescreva a peça, à medida que se vão (re)produzindo os episódios.
Temos que lhe dar um final de comédia.
A ideia pode ser simples: de acordo com a teoria literária do géneros decorrente da Poética de Aristóteles, o drama sub-divide-se em tragédia e comédia.
Simplificando, mal e depressa:
A tragédia começa bem e acaba mal
A comédia começa mal e acaba bem.
Com um teste americano de cruzes sobre um qualquer conjunto de obras literárias de qualquer época, bate sempre certo.
Os protagonistas estão fadados ao destino que lhes é ditado pelos autores dramáticos.
Os heróis da vida real, quando o são ou procuram ser , escolhem e moldam os respectivos destinos.
Os heróis, frequentemente são loucos e, geralmente, reconhecidos apenas postumamente.
O final do Sec. XX ensinou-nos que os pobres ao escolherem a táctica da guerrilha, alcançaram vitórias sobre exércitos muito mais poderosos, que se moviam pelo modo clássico /convencional.
No sec XXI aquele método ainda não foi derrotado no Iraque, na Colômbia, na Palestina, na Indonésia e na permanente guerra urbana que nos rodeia: a da globalização.
Haverá que escolher rapidamente um papel no casting, para participar, ainda que, como figurante menor, na grande fita que é o Mercado Total.
Não há mais nada em cima da mesa , que não a sacrossanta Economia :( o monstro; o Défice; o orçamento; o mercado; a gestão; os objectivos; a engenharia financeira; a produtividade; os índices; os estudos ; os livros brancos e de todas as outras cores; a concertação; o dumping; o franchising; o outlet; o hipermercado; a scut com uma via sobreposta virtual ao preço da real);
em resumo: a inversão de valores , a desumanização: o império da máquina*


*Deus ex machina
De Wikipedia, la enciclopedia libre.
Deus ex machina es una expresión del latín que significa "dios surgido de la máquina", traducción de la expresión griega "απó μηχαυης Θεóς" (apo mikhanis theos). Se origina en el teatro griego y romano, cuando una grúa introduce una deidad para resolver una situación.Actualmente es utilizada para referirse a un elemento externo que resuelve una historia sin seguir la lógica interna de la misma.

Comentários

Anónimo disse…
TBZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ
ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZT

É JÁ DIA 27

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime